Busca avançada
Ano de início
Entree

Redução das internações evitáveis: a intervenção no cuidado de doenças crônicas com impacto na qualidade de atendimento

Resumo

As doenças crônicas constituem-se atualmente no maior desafio para os sistemas de saúde no mundo, incluindo o Brasil. O aumento da prevalência dessas doenças é determinado pela maior longevidade da população, maiores taxas de população urbana, presença de fatores de risco modificáveis, e os avanços técnicos da medicina. Os custos associados ao tratamento das doenças crônicas também aumentam significativamente com a abordagem inadequada das mesmas. Vários modelos de cuidados têm sido desenvolvidos com resultados promissores. O presente estudo será composto de duas fases. A primeira será a análise descritiva das hospitalizações no Hospital Universitário da USP, com o objetivo de se determinar as causas das internações com foco nas internações evitáveis, estas geralmente estão relacionadas a um manejo inadequado de doenças crônicas. Na segunda fase será implementado um ambulatório padronizado para doenças que se acredita ser as principais causas de internações evitáveis: hipertensão arterial, diabetes e dislipidemias. Este atendimento envolverá equipe multidisciplinar e contará com os recursos de manuais de instrução, desenvolvimento de protocolos, aulas expositivas para pacientes e familiares, uso de correio eletrônico, participação da comunidade e informatização de agendas e prontuários. Espera-se obter com a implantação de modelo de atendimento de doenças crônicas e com a posterior difusão do mesmo para as unidades básicas de saúde do distrito do Butantã um melhor controle das mesmas e uma redução significativa das internações evitáveis, complicações e custo associado ao tratamento das doenças crônicas. (AU)