Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto dos supermercados na disponibilidade e preço de alimentos processados e ultraprocessados consumidos no Brasil

Processo: 14/26954-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2015 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Renata Bertazzi Levy
Beneficiário:Renata Bertazzi Levy
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Paula Bortoletto Martins ; Daniela Silva Canella ; Priscila Pereira Machado ; Rafael Moreira Claro
Assunto(s):Demanda de alimentos  Alimentos industrializados  Processamento de alimentos  Varejo  Supermercados  Preços 

Resumo

O surgimento de um sistema alimentar que corrobora para maior disponibilidade de alimentos processados e ultraprocessados está associado ao desenvolvimento de obesidade e doenças crônicas. Os supermercados atuam como instrumentos de empresas transnacionais de alimentos ultraprocessados e tem no preço uma das principais estratégias para influenciar as decisões dos consumidores sobre onde e o quê comprar. Porém, há poucas evidências sobre como o local de compra e o preço podem influenciar os padrões de consumo desses alimentos. Objetivo: Avaliar o impacto dos supermercados na disponibilidade e preço de alimentos processados e ultraprocessados consumidos no Brasil. Métodos: Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, coletados pelo IBGE em uma amostra probabilística de 55.970 domicílios. Serão analisadas as informações sobre aquisições de alimentos e bebidas feitas em supermercados ao longo de 12 meses, por estratos de domicílios agrupados por critérios geográficos e socioeconômicos. O total adquirido de cada alimento será convertido em energia (kcal) utilizando tabelas de composição de alimentos. A definição dos grupos alimentícios considerará a extensão e o propósito do processamento industrial. Serão descritas informações sobre disponibilidade e preço de alimentos por locais de compra. O impacto dos supermercados na aquisição de alimentos processados e ultraprocessados será avaliado por modelos de regressão linear. Para analisar a influência do preço desses alimentos nas aquisições realizadas em supermercados será utilizado modelo de regressão múltipla (log-log) que estima coeficiente de elasticidade-preço própria. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
La ciencia brasileña que se ve en el mundo 
Ciência do Brasil visível no mundo 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, PRISCILA PEREIRA; CLARO, RAFAEL MOREIRA; CANELLA, DANIELA SILVA; SARTI, FLAVIA MORI; LEVY, RENATA BERTAZZI. Price and convenience: The influence of supermarkets on consumption of ultra-processed foods and beverages in Brazil. APPETITE, v. 116, p. 381-388, . (14/26954-3, 14/26737-2)
MACHADO, PRISCILA PEREIRA; CLARO, RAFAEL MOREIRA; BORTOLETTO MARTINS, ANA PAULA; COSTA, JANAINA CALU; LEVY, RENATA BERTAZZI. Is food store type associated with the consumption of ultra-processed food and drink products in Brazil?. PUBLIC HEALTH NUTRITION, v. 21, n. 1, SI, p. 201-209, . (14/26954-3, 14/26737-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.