Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanocompósitos reforçados com hidróxidos duplos lamelares ou hidroxissais lamelares usando as matrizes poliméricas de poli(amida)6 e poli(L-lactídeo)

Processo: 16/08595-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2016 - 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Liliane Maria Ferrareso Lona
Beneficiário:Liliane Maria Ferrareso Lona
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Lucia Helena Innocentini Mei ; Rodrigo Botan ; Telma Regina Nogueira
Assunto(s):Polimerização  Reatores químicos  Nanocompósitos 

Resumo

Recentemente, os nanocompósitos poliméricos contendo cargas de compostos lamelares trocadores aniônicos, com estruturas derivadas da brucita (hidróxidos duplos lamelares (HDLs) e hidroxissais lamelares (HSLs)), têm atraído considerável interesse científico. Esses compostos de origem sintética possuem algumas vantagens sobre os argilominerais trocadores catiônicos, amplamente utilizados como cargas em nanocompósitos poliméricos. As vantagens se situam na facilidade de síntese, no controle da sua composição química, morfologia e tamanho de partículas, no fácil controle da sua hidrofilicidade/hidrofobicidade, baixa toxidez, custo, entre outros.Buscando o desenvolvimento de novos materiais poliméricos com melhores propriedades, este projeto investiga a síntese in situ da poli(amida)6 (PA6) reforçada com hidróxidos duplos lamelares (HDLs) e a síntese in situ do poli(L-lactídeo) (PLLA) reforçado com hidroxissais lamelares usando deferentes intercalantes, sendo um deles, um plastificante.Apesar do amplo uso da PA6 e sua importância na indústria e pesquisa, este material é naturalmente higroscópico. Imagina-se que os nanocompósitos de PA6 com HDL desenvolvido neste projeto apresentem menor absorção de água, devido às lamelas hidrofóbicas do HDL distribuídas em escala nanométrica na matriz polimérica.A produção de nanocompósitos de PLLA com HSL tem como objetivo melhorar o desempenho do poli(L-lactídeo) em determinadas propriedades mecânicas e térmicas e, ao mesmo tempo, aumentar sua flexibilidade e ductilidade, devido à presença dos agentes de carga contendo ânions de plastificante como contra-íons. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, FILIPE V.; PINHEIRO, IVANEI F.; MARIANO, MARCOS; CIVIDANES, LUCIANA S.; COSTA, JOAO C. M.; NASCIMENTO, NAYRA R.; KIMURA, SOLENISE P. R.; NETO, JOSE C. M.; LONA, LILIANE M. F. Environmentally friendly polymer composites based on PBAT reinforced with natural fibers from the amazon forest. Polymer Composites, v. 40, n. 8, p. 3351-3360, AUG 2019. Citações Web of Science: 4.
FERREIRA, V, F.; MARIANO, M.; LEPESQUEUR, L. S. S.; PINHEIRO, I. F.; SANTOS, L. G.; BURGA-SANCHEZ, J.; SOUZA, D. H. S.; KOGA-ITO, C. Y.; TEIXEIRA-NETO, A. A.; MEI, I, L. H.; GOUVEIA, R. F.; LONA, L. M. F. Silver nanoparticles coated with dodecanethiol used as fillers in non-cytotoxic and antifungal PBAT surface based on nanocomposites. Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications, v. 98, p. 800-807, MAY 2019. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.