Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência do HPV-16 e 18 no tecido e saliva de pacientes com CEC de cabeça e pescoço e leucoplasia bucal e sua correlação com características clinicopatológicas e fatores prognósticos

Processo: 16/12982-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2017 - 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Glauco Issamu Miyahara
Beneficiário:Glauco Issamu Miyahara
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Pesq. associados:Daniel Galera Bernabé ; Sandra Helena Penha de Oliveira
Assunto(s):Papillomaviridae  Neoplasias bucais  Estomatologia  Reação em cadeia da polimerase em tempo real  Papillomavirus humano 16 

Resumo

Estudos têm evidenciado que o Papilomavírus humano (HPV) possui um papel na oncogênese do carcinoma espinocelular (CEC) de orofaringe, entretanto, os resultados altamente variáveis quanto à detecção do HPV nos CEC de cabeça e pescoço e lesões potencialmente malignas sugerem a necessidade da realização de estudos com o intuito de elucidar a participação do HPV neste processo. Dessa forma, o objetivo deste estudo consiste em avaliar a presença do HPV-16 e 18, que representam os genótipos oncogênicos de maior relevância, em diferentes materiais biológicos de pacientes com CEC de cabeça e pescoço e leucoplasia bucal, e a correlação deste fator com variáveis clinicopatológicas e fatores prognósticos destas doenças. Para tal, 40 pacientes com CEC de cabeça e pescoço irão compor o Grupo 1, 40 pacientes com leucoplasia bucal irão compor o Grupo 2, ao passo que o Grupo 3 que será pareado por gênero e idade aos grupos 1 e 2 e composto por 40 pacientes saudáveis que necessitem de procedimento cirúrgico bucal (estudo caso-controle). Dos três grupos serão obtidas amostras de tecido e saliva. A detecção do DNA do HPV-16 e 18 será realizada nestes materiais pela técnica da Real Time PCR, e o tecido será também analisado para a expressão de p16ink4a por meio de imunohistoquímica. Testes estatísticos específicos serão utilizados para analisar a relação entre a presença do HPV-16 e 18 entre os grupos estudados e também para analisar a relação entre este fator e as características sociodemográficas e clinicopatológicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TOMO, SAYGO; BISS, STEPHANYE PINTO; CRIVELINI, MARCELO MACEDO; PENHA DE OLIVEIRA, SANDRA HELENA; BIASOLI, EDER RICARDO; TJIOE, KELLEN CRISTINE; BERNABE, DANIEL GALERA; VILLA, LUISA LINA; MIYAHARA, GLAUCO ISSAMU. High p16(INK4a) immunoexpression is not HPV dependent in oral leukoplakia. ARCHIVES OF ORAL BIOLOGY, v. 115, JUL 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.