Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações neuroanatômicas e funcionais do sistema respiratório no sono e na vigília em um modelo experimental para doença de Alzheimer

Processo: 16/24577-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Luciane Helena Gargaglioni Batalhão
Beneficiário:Luciane Helena Gargaglioni Batalhão
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Pesq. associados:Daniel Carneiro Carrettiero
Assunto(s):Vigília  Sono  Hipercapnia  Respiração (fisiologia) 

Resumo

A disfunção do sistema respiratório é visto em várias doenças neurodegenerativas como o Alzheimer, mas como os mecanismos fisiopatológicos da doença estão relacionados com o sistema respiratório permanecem insuficientemente documentados. Os critérios clínicos atuais para diagnóstico da DA estão focados principalmente nos déficits cognitivos produzidos pela disfunção do hipocampo e de áreas neocorticais, ao passo que, os sintomas não cognitivos, como distúrbios do sono ou do sistema respiratório são negligenciados e podem preceder a demência. A doença de Alzheimer (DA), a mais comum dentre as desordens neurodegenerativas frequentemente associada à idade, é caracterizada por intensa degeneração encefálica, progressivo declínio cognitivo e presença de emaranhados de Tau hiperfosforilada (NFTs) e placas beta amiloide (A²). A proteína Tau é uma fosfoproteína que possui a função de estabilizar os microtúbulos, sua atividade é regulada por sua cinética de fosforilação. No encéfalo de pacientes com a DA, a proteína Tau é encontrada em emaranhados neurofibrilares (NFTs) formados de Tau hiperfosforilada, indicando falha nos processos de fosforilação. A neurodegeneração na DA ocorre em múltiplas regiões encefálicas incluindo hipocampo, córtex, amígdala, neocortex, regiões subcorticais e regiões envolvidas na quimiossensibilidade central e na manutenção do estado de vigília, como o lócus coerules, rafe dorsal e o hipotálamo. Estudos recentes enfatizam a possibilidade do envolvimento precoce do tronco encefálico na DA área onde se localizam as principais regiões envolvidas no controle da respiração, de tal maneira que, a disfunção dessa região poderia anteceder o estágio de demência (declínio cognitivo) na DA. Contudo, o papel dessas regiões nesta enfermidade não é muito estudado. Desta forma, o presente projeto testará a hipótese que alterações neuroquímicas na DA promovem problemas respiratórios e esses problemas podem anteceder o declínio cognitivo. O estudo será realizado em modelo animal de DA esporádica, induzido por injeções intracerebroventriculares de estreptozotocina (STZ). Dessa forma, serão avaliadas as alterações do sistema respiratório na progressão da DA (18 e 36 dias após a injeção de icv de STZ) durante o sono e vigília. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PATRONE, LUIS GUSTAVO A.; DUARTE, JAIME B.; BICEGO, KENIA CARDOSO; STEINER, ALEXANDRE A.; ROMANOVSKY, ANDREJ A.; GARGAGLIONI, LUCIANE H. TRPV1 Inhibits the Ventilatory Response to Hypoxia in Adult Rats, but Not the CO2-Drive to Breathe. PHARMACEUTICALS, v. 12, n. 1 JAN 24 2019. Citações Web of Science: 0.
PATRONE, LUIS GUSTAVO A.; BIANCARDI, VIVIAN; MARQUES, DANUZIA A.; BICEGO, KENIA C.; GARGAGLIONI, LUCIANE H. Brainstem catecholaminergic neurones and breathing control during postnatal development in male and female rats. JOURNAL OF PHYSIOLOGY-LONDON, v. 596, n. 15, p. 3299-3325, AUG 1 2018. Citações Web of Science: 1.
VICENTE, MARIANE C.; ALMEIDA, MARIA C.; BICEGO, KENIA C.; CARRETTIERO, DANIEL C.; GARGAGLIONI, LUCIANE H. Hypercapnic and Hypoxic Respiratory Response During Wakefulness and Sleep in a Streptozotocin Model of Alzheimer's Disease in Rats. JOURNAL OF ALZHEIMER'S DISEASE, v. 65, n. 4, p. 1159-1174, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.