Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2014/17264-3: sistema nanoUPLC 2D

Processo: 17/14476-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de agosto de 2017 - 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Fabio Cesar Gozzo
Beneficiário:Fabio Cesar Gozzo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/17264-3 - Novas fronteiras em proteômica estrutural: caracterizando estruturas de proteínas e complexos proteicos por espectrometria de massas, AP.TEM
Assunto(s):Espectrometria de massas  Elementos estruturais de proteínas  Proteômica  Conformação por spray  Peptídeos  Equipamentos multiusuários 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento:Caracterização de Materiais - Análises Químicas - Cromatrografia líquida
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: nanoUPLC 2D

Resumo

O estudo de interações proteicas é uma importante área de desenvolvimento para se entender as funções das proteínas. No entanto, essa é também uma das áreas de maior dificuldade experimental, devido à inerente complexidade estrutural de proteínas e peptídeos. Os métodos de elucidação estrutural de alta resolução (e.g. difração de raios-X e ressonância magnética nuclear) são hoje os métodos de escolha para esses tipos de estudos. Entretanto, a grande maioria das proteínas e seus respectivos complexos apresentam grandes dificuldades de serem resolvidos por esses métodos, abrindo a possibilidade para se utilizar métodos alternativos na caracterização estrutural de proteínas e seus complexos. Neste sentido, a espectrometria de massas tipo elétron spray (MS) é uma ferramenta muito atrativa devido às suas características intrínsecas, tais como alta sensibilidade e ampla aplicabilidade. Nosso grupo vem desenvolvendo com sucesso expertise na análise de cross-links para proteínas e peptídeos para elucidação estrutural por MS (da Silva et al, 2013, Fioramonte et al., 2012; Santos et al., 2011a; Santos et al., 2011b; Santos et al., 2010; Iglesias et al., 2010; Iglesias et al., 2009). Neste projeto, pretendemos caracterizar estruturas de proteínas, bem como de complexos proteína-proteína e proteína-peptídeo utilizando MS. Esses experimentos serão realizados por determinação de distâncias atômicas utilizando diferentes cross-linkers que permitirão análises de conformações, bem como a determinação de sítios de interação e enovelamentos proteicos. Além dos dados de cross-linking, dados de experimentos de troca H/D e mobilidade iônica serão utilizados para se obter informações a respeito da dinâmica de proteínas e complexos. Diante desses dados, iremos gerar informações novas e relevantes para o entendimento da estrutura de proteínas isoladas e complexadas, o que ainda é uma condição limitante na elucidação da função molecular e celular das proteínas e peptídeos de interesse biológico. (AU)