Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2017/08602-0: sistema de deposição de alumínio por feixe de elétrons em sistema de ultra-alto vácuo

Processo: 17/22037-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de dezembro de 2017 - 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Francisco Paulo Marques Rouxinol
Beneficiário:Francisco Paulo Marques Rouxinol
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/08602-0 - Desenvolvimento de dispositivos supercondutores quânticos para o estudo de estados quânticos de movimento em sistemas eletromecânicos híbridos, AP.JP
Assunto(s):Computação quântica  Materiais supercondutores  Ressonador micromecânico  Bit quântico  Sistemas quânticos abertos  Tecnologia de feixe de elétrons  Ultra-alto vácuo  Equipamentos multiusuários 
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

Nas duas últimas décadas, importantes avanços foram feitos em sistemas com comportamentos quânticos em escala mesoscópica e nanoscópica. Estes estudos foram impulsionados por uma grande variedade de motivações, muitos deles de natureza fundamental como estudos da decoerência, de emaranhamento e medição, e alguns de importância em aplicações, como o desenvolvimento de dispositivos para uso em arquiteturas para informação quântica e sensoriamento de pequenos sinais. Estas linhas de pesquisa foram importantes para o progresso do estudo de novos sistemas quânticos híbridos. Nesta proposta de pesquisa para o Programa de Jovens Pesquisadores FAPESP o proponente descreve um projeto para o desenvolvimento de nova linha de pesquisa para estudar sistemas híbridos quânticos. Como objetivo geral, o projeto para este novo grupo de pesquisa, abrirá portas, no Brasil, para estudos utilizando o estado da arte de circuitos supercondutores e tecnologias de qubits como banco de ensaio para investigar decoerência, medição quântica, ou emaranhamento em novos regimes. Para citar um objetivo mais concreto e imediato, se pretende medir os autoestados de energia de um nanoressonador mecânico e o estado emaranhado dispersivo de nanoressonadores mecânicos acoplados a qubits supercondutores, com potencial de nuclear uma rede de colaboração com outras instituições nacionais e internacionais. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.