Busca avançada
Ano de início
Entree

Polimorfismo genético associado com a ocorrência de náuseas e vômitos pós-operatórios (NVPO) em pacientes submetidos a cirurgias oncológicas

Resumo

A incidência de náuseas e vômitos acomete 25-30 % dos indivíduos após cirurgias e em pacientes de alto risco, essa incidência pode chegar a mais de 70-80 %. A identificação de indivíduos com alto risco para NVPO (através da história médica e / ou teste molecular) pode restringir o número de potenciais candidatos para determinado tipo específico de terapia anti-emética profilática, indicando aqueles com maior probabilidade de se beneficiarem do efeito específico de determinada medicação. Fatores herdados podem ter papel significativo na sensibilidade de fundo para NVPO e NVIQ e as pesquisas clínicas sobre fatores hereditários envolvidos na patogênese de NVPO e NVIQ é relativamente novo. O objetivo desse estudo é investigar se diferenças inter-individuais relacionadas a NVPO estão associadas com fatores genéticos. Serão avaliados 300 pacientes em pós-operatório de cirurgias oncológicas e coletada uma amostra de sangue (15mL) em tubos contendo EDTA por meio de punção de veia periférica que posteriormente será processada (Buffy coat) e armazenada pela equipe do Biobanco. O DNA dos leucócitos periféricos será extraído pelo método de Salting Out Procedure e processada a genotipagem para 48 SNPs de 15 genes candidatos por PCR em tempo real pelo método Taqman. As possíveis associações com dados demográficos e fatores relacionados à cirurgia, serão analisados por análise uni e multivariada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Treinamento técnico em Epidemiologia com bolsa da FAPESP