Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma metodologia baseada em modelos para detecção e identificação de falhas em máquinas rotativas

Processo: 18/01919-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 30 de julho de 2018 - 29 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Mecânica dos Sólidos
Pesquisador responsável:Katia Lucchesi Cavalca Dedini
Beneficiário:Katia Lucchesi Cavalca Dedini
Pesquisador visitante: Nicolò Bachschmid
Inst. do pesquisador visitante: Politecnico di Milano, Itália
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/20363-6 - Identificação e controle tolerantes a falhas em sistemas rotativos, AP.TEM
Assunto(s):Rotor  Desgaste dos materiais  Falha  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O objetivo do projeto temático FAPESP intitulado Identificação e controle tolerantes a falhas em sistemas rotativos (outorga # 2015/20363-6), como o nome sugere, é o desenvolvimento de um sistema capaz de identificar falhas em um sistema rotativo, de forma a controlá-las ou compensá-las. Este controle ou compensação deve permitir que a máquina com defeito permaneça operacional em sua condição de projeto até a próxima manutenção programada, ou para desligamento com segurança, no caso de uma falha grave com a necessidade de uma manutenção de emergência. Nesse sentido, esse sistema pode ser dividido em quatro etapas. Primeiro, uma vasta aquisição de informações através dos sensores é realizada e todos os dados coletados são filtrados e processados. Segundo, realiza-se a busca de falhas na máquina a partir dos sinais processados. Se alguma falha for detectada, o terceiro passo consiste em identificar o tipo de falha, sua localização e grau de gravidade. Finalmente, no quarto passo, um mancal magnético é usado para compensar o efeito da falha e permitir que a máquina continue com uma operação segura. Alguns resultados iniciais da pesquisa, que incluíram as três primeiras etapas descritas, foram publicados em revistas e conferências internacionais. (AU)