Busca avançada
Ano de início
Entree

Programação fetal por restrição proteica in útero: avaliação do imprinting estrogênico nas próstatas ventral e dorsolateral do rato Wistar

Processo: 09/50204-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Sérgio Luis Felisbino
Beneficiário:Jaqueline de Carvalho Rinaldi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica   Imprinting   Próstata   Estrógenos   Desenvolvimento fetal

Resumo

Condições gestacionais adversas podem acarretar alterações e adaptações morfofuncionais irreversíveis no feto, fenômeno conhecido como Programação Fetal. Dentre os diferentes tipos de programação fetal, a desnutrição protéica in útero é o mais extensamente estudado. Em países em desenvolvimento como o Brasil, onde a desnutrição é um problema cultural, sócio-econômico e de saúde pública, a desnutrição materna torna-se ainda mais relevante. Sabe-se que durante a programação fetal por restrição protéica, o feto permanece exposto a altas concentrações de glicocorticóides, estrógenos e andrógenos maternos. Considerando a participação direta destes hormônios esteróides no desenvolvimento e manutenção do sistema reprodutor masculino, em especial da próstata, e que já foi demonstrado que exposição intra-uterina ao estrógeno promove o imprinting estrogênico da próstata, predispondo-a a uma maior incidência de neoplasias na idade adulta, este projeto tem por objetivo investigar se a programação fetal por desnutrição protéica in útero promove o imprinting estrogênico da próstata do rato Wistar. Neste sentido, ratos com 7 meses de idade, que sofreram a programação fetal por restrição protéica (dieta normal = 17% de proteína na ração; dieta com restrição 6%), serão expostos novamente, a partir do 3 mês de idade, a doses diárias de estrógeno e testosterona. As próstatas ventrais e dorsolaterais serão removidas e pesadas e serão analisados: concentrações plasmáticas de hormônios esteróides; os parâmetros morfológicos e morfométricos, índices de proliferação e morte de células epiteliais; do receptor de andrógeno; análises ultra-estruturais (microscopia eletrônica de transmissão); e análises de classificação e quantificação de lesões prostáticas, tais como, prostatites, hiperplasias, neoplasias intra-epiteliais e adenocarcinomas. Para tanto, serão utilizadas as técnicas histológicas, imunocitoquímica, estereológicas, ultra-esturural e bioquímica de Western blotting. Este projeto, faz parte de um projeto temático (Proc. FAPESP N° 08/50089-0), no qual um bolsista de pós-doc (Proc. FAPESP N° 08/54488-6) já desenvolve um projeto de caracterização dos efeitos da programação fetal por restrição protéica sobre a próstata ventral. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RINALDI, J. C.; SANTOS, S. A. A.; COLOMBELLI, K. T.; BIRCH, L.; PRINS, G. S.; JUSTULIN, JR., L. A.; FELISBINO, S. L. Maternal protein malnutrition: effects on prostate development and adult disease. JOURNAL OF DEVELOPMENTAL ORIGINS OF HEALTH AND DISEASE, v. 9, n. 4, p. 361-372, AUG 2018. Citações Web of Science: 0.
RINALDI, JAQUELINE C.; JUSTULIN, JR., LUIS A.; LACORTE, LIVIA M.; SAROBO, CAROLINA; BOER, PATRICIA A.; SCARANO, WELLERSON R.; FELISBINO, SERGIO L. Implications of intrauterine protein malnutrition on prostate growth, maturation and aging. Life Sciences, v. 92, n. 13, p. 763-774, APR 19 2013. Citações Web of Science: 16.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RINALDI, Jaqueline de Carvalho. Programaçao fetal por restrição proteica in utero : avaliação do imprinting estrogênico nas próstatas ventral e dorsolateral do rato Wistar. 2013. 127 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu) Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.