Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantidade e qualidade de matéria orgânica do solo em sistemas de colheita com e sem queima da cana-de-açúcar

Processo: 08/52468-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Pellegrino Cerri
Beneficiário:Rodrigo Vianei Czycza
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Substâncias húmicas   Biomassa microbiana   Matéria orgânica do solo

Resumo

A cultura da cana-de-açúcar no Brasil esta crescendo significativamente em área em função da grande demanda de biocombustível no mercado interno e externo. Atualmente, há necessidade de adequação do sistema de manejo da cultura com objetivo de minimizar a emissão dos gases do efeito estufa pela queima do resíduo cultural. Portanto, o manejo sem queima pode acarretar em significativo incremento da MOS, e conseqüentemente modificar a dinâmica dos atributos químicos, físicos e, biológicos do solo. Este estudo tem como objetivo avaliar a quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo (MOS) em função do manejo da cana-de-açúcar colheita com e sem queima. Para tanto, serão investigadas as seguintes situações: uma área sob sistema de colheita da cana com queima por um período de 20 anos, outras 3 áreas sob sistema sem queima com período de 2, 8 e 20 anos e uma área sob vegetação nativa utilizada como referência. Em cada uma das áreas, serão abertas uma trincheira central e quatro mini-trincheiras periféricas. As amostras de terra serão coletadas nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20, 20-30 cm nas mini-trincheiras e 0-5, 5-10, 10-20, 20-30, 30-40, 50-60, 70-80, 90-100 cm na trincheira central. Serão quantificados os estoques de C e N totais do solo pelo método via seca utilizando o aparelho LECO CN-2000, biomassa microbiana pelo método de fumigação-extração e ninhdrina para C e N, respectivamente. As alterações nas propriedades químicas (macro e micronutrientes, CTC, SB, pH, Al3+) e físicas do solo (densidade e granulometria), serão determinadas. Adicionalmente, será avaliada a influência do uso e manejo do solo na qualidade da MOS por meio do fracionamento químico e subseqüente caracterização das substâncias húmicas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CZYCZA, Rodrigo Vianei. Quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo em sistemas de colheita com e sem queima da cana-de-açúcar. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.