Busca avançada
Ano de início
Entree

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO, GENOTÍPICO E FENOTÍPICO DE ESTIRPES DE Staphylococcus aureus PRODUTORAS DE BIOFILMES ISOLADAS DO AMBIENTE DE ORDENHA E DE CASOS DE MASTITE BOVINA.

Processo: 08/04162-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Antonio Nader Filho
Beneficiário:Poliana de Castro Melo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Mastite bovina   Eletroforese em gel de campo pulsado   Staphylococcus aureus   Biofilmes   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

O Staphylococcus aureus é um dos mais importantes patógenos isolados nos casos de mastite bovina, cuja habilidade em formar biofilme é considerada uma vantagem seletiva que estes microrganismos possuem, facilitando assim a permanência dos mesmos no úbere. Isto requer colonização e adesão das bactérias no epitélio mamário com conseqüente proliferação e formação de multicamadas de células envolvidas por uma matriz polimérica conhecida como exopolissacarídeo. A baixa taxa de cura bacteriológica frente ao tratamento com antibióticos e a persistência dos microrganismos, também está relacionada com a formação de biofilmes em infecções, sendo esta formação devida aos fatores genéticos e às mudanças fisiológicas que ocorrem nas bactérias. O objetivo do presente trabalho é fazer o estudo epidemiológico, genotípico e fenotípico de estirpes de Staphylococcus aureus isoladas do ambiente de ordenha e de casos de mastite bovina, em uma propriedade rural com 70 vacas em lactação, produtora de leite tipo B. Para tanto, serão utilizados técnicas de isolamento microbiológico, testes fenotípicos e técnicas moleculares, tais como, a reação em cadeia da polimerase e a eletroforese de campo pulsado, visando o estudo epidemiológico e a correlação destas estirpes produtoras de biofilmes com casos de mastite bovina, a fim de se obter informações para o desenvolvimento de programas e métodos de controle, prevenção e tratamento, principalmente, devido às infecções recorrentes.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MELO, Poliana de Castro. Estudo epidemiológico, genotípico e fenotípico de estirpes de Staphylococcus aureus produtoras de biofilmes isoladas do ambiente de ordenha e de casos de mastite bovina. 2011. 140 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.