Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores determinantes à dominância de gramíneas africanas em dois ecossistemas tropicais sazonalmente secos

Processo: 11/21019-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Dalva Maria da Silva Matos
Beneficiário:Rafael de Oliveira Xavier
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Melinis minutiflora   Competição

Resumo

No contexto das invasões biológicas, a controvérsia sobre a importância da competição na estruturação da comunidade se revela na importância relativa da resistência biótica e de características abióticas sobre a invasibilidade dos ambientes. A partir de vários mecanismos, as gramíneas africanas têm sobrepujado espécies nativas em várias savanas neotropicais. Tendo em vista a heterogenidade desses ambientes, sua susceptibilidade às invasões por essas espécies deve ser variável, assim como o resultado das interações entre espécies nativas e exóticas. Nesse trabalho buscaremos identificar os fatores bióticos e abióticos que mais influenciam a invasibilidade das fitofisionomias de cerrado da Estação Ecológica de Itirapina à presença de Melinis minutiflora, Urochloa decumbens e Rynchelitrum repens, assim como as características de cada uma dessas espécies que aumentam sua invasividade. Para cada uma das cinco fisionomias presentes da estação (cerrado sensu stricto, campo cerrado, campo sujo, campo limpo e campo úmido), utilizaremos quatro parcelas de cerca de 100 x 100 m subdvididas em subparcelas de 10 x 10 m, em cinco das quais acompanharemos a fenologia das três espécies africanas e das três gramíneas nativas mais comuns na EEI (Andropogon bicornis, Loudetiopsis e Tristachya leuostachya), além da composição do banco e da chuva de sementes. Nas mesmas parcelas realizaremos o levantamento da vegetação em subparcelas de 2 x 2 m, e acompanharemos mensalmente a variação na profundidade do lençol freático e na disponibilidade de água no solo. Também faremos adição de sementes de cada uma das gramíneas africanas em duas subparcelas, no interior de quadrados de 2 x 2m adjacentes sujeitos a remoção da biomassa aérea, remoção da biomassa aérea e serapilheira ou sem alteração; utilizaremos como controle quadrantes sem introdução sujeitas aos mesmos tratamentos. Acompanharemos o desempenho em ambiente controlado de cada uma das três gramíneas nativas sozinhas e em associação com cada uma das espécies africanas, e sob três níveis distintos de umidade. Utilizaremos uma Análise de Variância Mulifatorial para avaliar a influência da variação fisionômica e dos tratamentos sobre o estabelecimento das gramíneas africanas, e análises de regressão e ANCOVA para acessar a habilidade competitiva de cada uma das espécies sob densidades e níveis de umidade variáveis. Palavras-chave: Invasibilidade, invasividade, competição, estresse, perturbação, Melinis minutiflora, Urochloa decumbens. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
XAVIER, RAFAEL DE OLIVEIRA; LEITE, MARCELO BOCCIA; DA SILVA MATOS, DALVA MARIA. Phenological and reproductive traits and their response to environmental variation differ among native and invasive grasses in a Neotropical savanna. Biological Invasions, v. 21, n. 8, p. 2761-2779, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
XAVIER, RAFAEL DE OLIVEIRA; LEITE, MARCELO BOCCIA; DEXTER, KYLE; DA SILVA MATOS, DALVA MARIA. Differential effects of soil waterlogging on herbaceous and woody plant communities in a Neotropical savanna. Oecologia, v. 190, n. 2, p. 471-483, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
LEITE, MARCELO BOCCIA; XAVIER, RAFAEL OLIVEIRA; SANCHES OLIVEIRA, PAULO TARSO; GOMES SILVA, FERNANDA KELLY; SILVA MATOS, DALVA MARIA. Groundwater depth as a constraint on the woody cover in a Neotropical Savanna. PLANT AND SOIL, v. 426, n. 1-2, p. 1-15, MAY 2018. Citações Web of Science: 7.
XAVIER, RAFAEL DE OLIVEIRA; LEITE, MARCELO BOCCIA; DA SILVA-MATOS, DALVA MARIA. Stress responses of native and exotic grasses in a Neotropical savanna predict impacts of global change on invasion spread. AUSTRAL ECOLOGY, v. 42, n. 5, p. 562-576, AUG 2017. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.