Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação de beta-alanina combinada ou não com bicarbonato de sódio sobre o desempenho anaeróbio intermitente

Processo: 11/17059-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Antonio Herbert Lancha Junior
Beneficiário:Guilherme Giannini Artioli
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Fadiga   Exercício físico

Resumo

Evidências indicam que uma das principais causas da fadiga periférica durante exercícios de alta intensidade e curta duração é a acidose intramuscular. Existem diversos sistemas de controle do pH muscular, incluindo o tamponamento extracelular, o tamponamento intracelular e o tamponamento dinâmico, o qual consiste no transporte de íons H+ para fora da célula muscular. O sistema de tamponamento imediato extracelular mais importante é o bicarbonato. Estudos recentes indicam que a carnosina, um dipeptídio sintetizado endogenamente no músculo a partir dos aminoácidos L-histidina e ²-alanina, desempenha importante papel como tamponante intramuscular. O ponto limitante da síntese endógena de carnosina parece ser a disponibilidade de ²-alanina e, portanto, a sua suplementação é capaz de aumentar significativamente a concentração intramuscular de carnosina. Estudos mostram que tanto a suplementação com bicarbonato de sódio (tampão extracelular) quanto a suplementação com ²-alanina (aumenta a concentração de carnosina, um tampão extracelular) são capazes de melhorar o desempenho em atividades de alta intensidade e curta duração, efeito esse que é mais evidente em exercícios intermitentes. O objetivo deste estudo é verificar se a suplementação de ²-alanina possui efeito ergogênico aditivo à suplementação de bicarbonato de sódio. Também são objetivos avaliar mecanismos intra- e extra-celulares responsáveis pelos efeitos da suplementação. Para tanto, cerca de 40 atletas do gênero masculino serão divididos aleatoriamente em 4 grupos: ²-alanina + NaHCO3, ²-alanina + placebo, NaHCO3 + placebo, placebo + placebo. Todos atletas serão avaliados PRÉ e PÓS o período de suplementação (4 semanas de suplementação de ²-alanina; 1 semana de suplementação de bicarbonato de sódio). A avaliação do desempenho será feita por meio de 4 séries do teste de Wingate para membros inferiores (30 s de duração, 3 min de intervalo entre as séries, carga de 7,5% do peso corporal). Será realizada uma sessão de familiarização antes do início do estudo. Antes (repouso) e imediatamente após o término da 4a série do teste de Wingate, amostras de sangue e de tecido muscular (porção média do vasto lateral, por meio de biópsia por agulha de sucção) serão coletadas, processadas e posteriormente analisadas. Serão determinados: pH sanguíneo, lactato e bicarbonato plasmáticos, assim como lactato, glicogênio, carnosina e pH intramusculares. Também será determinada a capacidade tamponante total do músculo e a expressão do transportador muscular de ²-alanina, da enzima carnosina sintase intramuscular e dos transportadores monocarboxilatos MCT1 e MCT4. Os dados serão analisados usando-se ANOVA de modelos mistos (proc mixed, SAS v. 9.0). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.