Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um Simulador do Sistema Cardiovascular para Testes In Vitro de Dispositivos de Assistência Ventricular Esquerda

Processo: 12/01894-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Projetos de Máquinas
Pesquisador responsável:Pai Chi Nan
Beneficiário:Ludmila Pacheco Bezerra
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Controle de sistemas mecânicos   Dispositivo de assistência circulatória

Resumo

O aparelho circulatório humano está sujeito a várias doenças. Estas doenças foram responsáveis por 320.074 (29,01%) dos óbitos no Brasil em 2009. Grande parte delas levam o coração a um estado de insuficiência, ou seja, ele perde a capacidade de manter o fluxo sanguíneo do organismo.Pacientes com insuficiência cardíaca severa precisam de transplante de coração, porém há falta de doadores e muitos pacientes acabam falecendo na fila de espera. Com o objetivo de suprir a falta de doadores, Dispositivos de Assistência Ventricular (DAV), têm sido desenvolvidos e utilizados para auxiliar o bombeamento de sangue pelo coração.Para analisar o funcionamento, durabilidade e desempenho in vitro dos DAVs é necessário um simulador cardiovascular, que simule a fisiologia do aparelho circulatório humano. O objetivo deste projeto é desenvolver o simulador cardiovascular para avaliação dos DAVs. O simulador a ser construído seguirá o projeto do simulador feito pelo Hoshi et al, e utilizado pelo orientador deste projeto durante o doutorado no Japão. Ele simulará o átrio esquerdo, através de um reservatório aberto, assumindo a pressão interna do átrio esquerdo invariável; o ventrículo esquerdo, através de uma bomba eletromecânica pulsátil; a aorta através de um reservatório hermeticamente fechado, para simulação da complacência arterial; e a resistência vascular periférica, através de um registro regulador de vazão.