Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos deletérios do diuron e seus metabólitos em lambaris (Astyanax sp): testes de toxicidade, marcadores de estresse oxidativo, marcadores genotóxicos e enzimas de biotransformação

Processo: 11/15752-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Eduardo Alves de Almeida
Beneficiário:Ana Leticia Madeira Sanches
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo   Diurona

Resumo

A aplicação de pesticidas na agricultura é uma prática amplamente realizada no controle de pragas e plantas daninhas para se obter altos rendimentos na produção. O principal pesticida utilizado atualmente, principalmente na cultura da cana-de-açúcar, é o Diuron, um composto de feniluréias que pode ser tóxico para espécies não alvo como peixes. Este pesticida pode ser biodegradado a três outros compostos principais de toxicidade ainda não conhecida. O objetivo deste estudo érealizar testes de toxicidade, genotoxicidade e bioquímicos em lambaris (Astinax sp) após exposição ao Diuron e seus principais metabólitos, o 3-(3,4-diclorofenil)-3-metilureia (DCPMU), o 3,4-diclorofenilureia (DCPU) e o 3,4-dicloroanilina (DCA) em diferentes concentrações e tempos de exposição. Com os testes de toxicidade será determinado as concentrações dos contaminantes a partir dos valores de LC1 e LC10 por tempos de exposição de 2 e 7 dias. O teste degenotoxicidade será realizado com a análise do ensaio do cometa no sangue dos animais. Também será analisado biomarcadores de contaminação nas brânquias e fígados dos organismos. Esse método baseia-se na análise da resposta biológicagerada, no caso, o estresse oxidativo, quando os organismos são expostos aos compostos químicos. Será realizado a análise das enzimas Catalase (CAT), Glutationa-S-transferase (GST), Glutationa peroxidase (GPx), Superóxido dismutase (SOD), 7-Etoxiresorufina-¸-deetilase (EROD) e dos níveis demalondialdeído (MDA) formado por peroxidação lipídica, uma conseqüência do estresse oxidativo. Será realizada também a quantificação de proteína para o cálculo da atividade enzimática. Assim, a realização desse projeto, nos permitirá predizer se a degradação do Diuron no ambiente pode levar a uma situação menos ou mais nociva para os organismos expostos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANCHES, Ana Leticia Madeira. Avaliação dos efeitos deletérios do diuron e de seus metabólitos em lambaris (Astyanax sp.) : testes de toxicidade, marcadores de estresse oxidativo, marcadores genotóxicos e enzimas de biotransformação. 2014. 79 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.