Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução e filogenia de Pleurodira (Testudines) com a descrição de uma nova espécie de Bairdemys (Podocnemidae) do Mioceno médio da Venezuela

Processo: 12/11604-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Max Cardoso Langer
Beneficiário:Gabriel de Souza Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/07807-7 - Evolução do pós-crânio e variações intra e interespecíficas em Plerodiromorpha (Chelonii), BE.EP.MS
Assunto(s):Paleontologia   Paleontologia de vertebrados   Pleurodira

Resumo

Apesar de negligenciados por muito tempo, os Pleurodira, uma das duas linhagens de Testudines (cágados, jabutis e tartarugas-marinhas), vem atraindo crescente atenção dos pesquisadores, com trabalhos que geralmente tratam da descrição de novas espécies (viventes ou extintas), de comportamentos ou hábitos alimentares, ou de análises filogenéticas dos sub-grupos de Pleurodira, como Chelidae ou Pelomedusoides, esta sub-dividida em duas linhagens com representates viventes: Pelomedusidae e Podocnemidae. Análises filogenéticas com táxons terminais de todos os principais grupos de Pleurodira existem apenas com dados moleculares. Assim, uma análise baseada em dados morfológicos que englobe táxons de todos os grandes clados do grupo, incluindo fósseis, faz-se necessária para melhor compreensão da história evolutiva do grupo. Nesta dissertação, descrevemos uma nova espécie de Bairdemys (Podocnemidae) do Mioceno médio da Venezuela e a incluímos em uma análise filogenética com ampla amostragem taxonômica, incluindo táxons de todas as linhagens de Pleurodira. Esta análise é baseada em caracteres morfológicos (novos ou previamente propostos) e a maior análise filogenética exclusiva do grupo já realizada, permitindo inferências sobre padrões gerais de diversificação e morfologia de Pleurodira. Ao mesmo tempo, o novo táxon descrito apresenta características morfológicas que, juntamente com aspectos geológicos de sua localidade tipo, permitem a inferência de que houve, durante o Cenozóico, uma irradiação marinha de Podocnemidae, que alcançou grande sucesso, principalmente no final do Oligoceno e começo do Mioceno.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, GABRIEL S.; RINCON, ASCANIO D.; SOLORZANO, ANDRES; LANGER, MAX C. Review of the fossil matamata turtles: earliest well-dated record and hypotheses on the origin of their present geographical distribution. NATURWISSENSCHAFTEN, v. 103, n. 3-4 2016. Citações Web of Science: 10.
FERREIRA, GABRIEL S.; RINCON, ASCANIO D.; SOLORZANO, ANDRES; LANGER, MAX C. The last marine pelomedusoids (Testudines: Pleurodira): a new species of Bairdemys and the paleoecology of Stereogenyina. PeerJ, v. 3, JUN 30 2015. Citações Web of Science: 17.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Gabriel de Souza. Evolução e filogenia de Pleurodira (Testudines) com a descrição de uma nova espécie de Bairdemys (Podocnemidae) do Mioceno médio da Venezuela. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.