Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do possível efeito de componentes da secreção cutânea de Leptodactylus labyrinthicus como interferentes na penetração do vírus da raiva em células de mamíferos

Processo: 12/11280-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Daniel Carvalho Pimenta
Beneficiário:Rene dos Santos Cunha Neto
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anura   Vírus da raiva   Toxicologia   Peptídeos   Venenos

Resumo

A raiva é uma zoonose mundialmente distribuída, caracterizada como uma encefalite progressiva aguda e letal, que acomete diferentes mamíferos. O agente etiológico desta doença, Rabies virus (RV), é um vírus neurotrópico envelopado, em forma de projétil. Após a exposição ao vírus, ocorre a replicação viral nos tecidos musculares e subsequente migração para terminações nervosas, possivelmente mediada por receptores de acetilcolina (nAchR). Por outro lado, diferentes organismos vêm sendo utilizados como fontes de substâncias biologicamente ativas, com ação terapêutica e/ou biotenológica. Como exemplo, temos que recentemente foi identificada uma molécula com atividade anticancerígena a partir da secreção cutânea de Leptodactylus labyrinthicus. Dada a possível existência de outras moléculas com atividade biológica nesta secreção, como alcalóides, e em função da necessidade de novas abordagens terapêuticas para o tratamento da raiva, este estudo visa identificar possíveis análogos de acetilcolina presentes em tal secreção, que venham a competir com RV pelos nAchR, impedindo (ou reduzindo) sua penetração em células hospedeiras. Para tanto, as secreções coletadas serão fracionadas e submetidas à cromatografia líquida de alto desempenho (HPLC), com posterior caracterização e identificação através de espectrometria de massas. A seguir, será realizada a avaliação da possível neutralização do RV por meio de testes baseados no Teste Rápido De Inibição De Focos Fluorescentes (RFFIT) e no Microteste De Inibição De Fluorescência Simplificado (SFIMT). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CUNHA NETO, RENE DOS SANTOS; VIGERELLI, HUGO; JARED, CARLOS; ANTONIAZZI, MARTA MARIA; CHAVES, LUCIANA BOTELHO; RODRIGUES DA SILVA, ANDREA DE CASSIA; DE MELO, ROBSON LOPES; SCIANI, JULIANA MOZER; PIMENTA, DANIEL C. Synergic effects between ocellatin-F1 and bufotenine on the inhibition of BHK-21 cellular infection by the rabies virus. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 21, DEC 2 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.