Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de modelo genético-estatístico para a análise da interação genótipo e ambiente em estudos de genética associativa

Processo: 12/13272-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Antonio Augusto Franco Garcia
Beneficiário:Rodrigo Gazaffi
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Genética estatística   Modelos lineares mistos   Genética quantitativa   Estresse hídrico   Melhoramento genético vegetal   Sorgo

Resumo

O estresse hídrico é um dos principais fatores responsáveis pela redução da produção agrícola no mundo, com reflexos significativos na segurança alimentar. A tolerância à seca apresenta controle genético ainda pouco conhecido, porém sendo possível observar resposta diferencial em diferentes acessos de sorgo. A utilização do mapeamento associativo, principalmente aliado ao mapeamento de QTLs em populações estruturadas tem grande potencial na elucidação do controle genético deste caráter pelo estabelecimento de associações estatísticas entre marcadores moleculares de polimorfismo de base única (SNP - Single Nucleotide Polymorphism) e o fenótipo. No entanto, modelos genético-estatísticos visando à incorporação da interação entre genótipo e ambiente nos modelos associativos não foram desenvolvidos, o que restringe o uso prático das informações geradas no melhoramento genético. Dentre as principais vantagens dessa estratégia é a possibilidade de estudo da interação entre SNP e ambientes, permitindo a compreensão detalhada do controle genético, gerando informações valiosas à aplicação destes resultados em programas de seleção assistida por marcadores. Neste contexto, o presente trabalho tem por objetivo estudar o controle genético da tolerância à seca em um painel associativo de sorgo, incluindo, para tanto, o desenvolvimento de modelos adequados para o mapeamento de SNP considerando a interação entre genótipos e ambientes. O painel de sorgo consiste de 377 acessos que inicialmente foram genotipados com 1536 SNP e atualmente estão sendo genotipados por resequenciamento e avaliados para a tolerância à seca em condições de campos em dois ambientes.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAZAFFI, RODRIGO; MARGARIDO, GABRIEL R. A.; PASTINA, MARIA MARTA; MOLLINARI, MARCELO; GARCIA, ANTONIO AUGUSTO F. A model for quantitative trait loci mapping, linkage phase, and segregation pattern estimation for a full-sib progeny. Tree Genetics & Genomes, v. 10, n. 4, p. 791-801, AUG 2014. Citações Web of Science: 12.
ROSARIO, M. F.; GAZAFFI, R.; MOURA, A. S. A. M. T.; LEDUR, M. C.; COUTINHO, L. L.; GARCIA, A. A. F. Composite interval mapping and mixed models reveal QTL associated with performance and carcass traits on chicken chromosomes 1, 3, and 4. JOURNAL OF APPLIED GENETICS, v. 55, n. 1, p. 97-103, FEB 2014. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.