Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade enzimática da Enzima Conversora de Angio I (ECA) e das secretases responsáveis pela liberação de suas isoformas solúveis com 65 kDa e 90 kDa nas células mesangiais tratadas com indutor e inibidor de shedding, PMA e TAPI

Processo: 12/17905-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Dulce Elena Casarini
Beneficiário:Ana Carolina Carneiro Bechara
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/51904-9 - Sistema renina angiotensina e calicreina cininas na hipertensão, obesidade, diabetes, desnutrição e sepses: mecanismos moleculares, celulares e fisiopatológicos, AP.TEM
Assunto(s):Angiotensina I   Atividade enzimática   Fisiologia renal

Resumo

A ECA é uma das enzimas chaves no controle da pressão arterial. Suas isoformas solúveis com 65 e 90 kDa foram descritas em células mesangiais e já foi demonstrado diferenças relacionadas à distribuição da ECA, entre animais normotensos e hipertensos. Acredita-se que secretases sejam responsáveis pela geração destas isoformas. Estudos de ativação e inibição do shedding das isoformas solúveis são importantes para elucidar se este mecanismo está ocorrendo nas células mesangiais (CM).Sendo assim, o objetivo deste plano de trabalho será determinar a atividade enzimática da ECA e das secretases nas CM imortalizadas de camundongos e CM primárias de ratos SHR, tratadas com indutor e inibidor de shedding (PMA e TAPI-1 respectivamente).