Busca avançada
Ano de início
Entree

Implementação, continuação e auto-reprodução do orçamento participativo: uma abordagem a partir das instituições e atores políticos locais e das múltiplas arenas (eleitoral, governamental e legislativa)

Processo: 12/21434-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 10 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Adrian Gurza Lavalle
Beneficiário:Luciana Andressa Martins de Souza
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Orçamento participativo

Resumo

O presente projeto visa demonstrar que os padrões de relações entre o Executivo, o Legislativo, os partidos e as lideranças políticas locais nas arenas eleitoral, governamental e legislativa contribuem para explicar a implementação e a continuação do OP. Assim como, verificar os efeitos dos desdobramentos das relações entre os atores políticos mencionados na auto-reprodução do OP, isto é, na pluralização de instâncias participativas nos níveis do governo e da sociedade. Para tanto, propomos examinar três pares de experiências de OP desenvolvidas no interior do estado de São Paulo São Carlos e Piracicaba, Rio Claro e Leme, Matão e Sertãozinho que se distinguem pelas variações em suas trajetórias nas quatro últimas gestões municipais (contínua, descontínua e interrompida). Além disso, cada par de municípios se distingue entre si pelo partido que esteve à frente da iniciativa de OP (PT e outros partidos).