Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos biofilmes bacterianos no tratamento clínico de pacientes com rinossinusite crônica agudizada

Processo: 13/04148-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Edwin Tamashiro
Beneficiário:Henrique Augusto Cantareira Sabino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Sinusite crônica   Biofilmes   Antibióticos

Resumo

A demonstração da presença dos biofilmes bacterianos em pacientes com rinossinusite crônica tem despertado grande interesse em virtude de sua alta resistência a antibiótico e ao sistema imune. No entanto, não há estudos que comparem os valores da concentração inibitória mínima (MIC) das formas planctônicas e da concentração inibitória de biofilmes (CIB) obtidas de pacientes com quadros agudos de rinossinusite. Ainda, não é conhecido se a presença de bactérias formadoras de biofilme interfere na evolução de pacientes com exacerbação aguda de rinossinusite crônica. Objetivos: avaliar se a antibioticoterapia modifica a evolução da exacerbação aguda de RSC e se há relação do quadro clínico com a presença de uma bactéria formadora de biofilme, assim como comparar MIC e BIC em tais pacientes. Materiais e métodos: identificação bacteriana, determinação de MIC e de CIB serão realizados a partir de secreção de meato médio colhida de pacientes com rinossinusite crônica agudizada. A determinação de MIC será realizada através dos kits Etest® para Amoxicilina, Amoxicilina/Clavulanato, Claritromicina e Levofloxacina. A formação de biofilmes assim como a determinação da CIB será realizada através do ensaio de biofilme de Calgary. Pacientes serão randomicamente distribuídos entre grupo 1, tratado com corticoide tópico nasal, lavagem nasal e Amoxicilina/Clavulanato, e grupo 2, tratado com corticoide tópico nasal, lavagem nasal e comprimidos placebo. Escores de sintomas diários e avaliação endoscópica semanal serão analisados para acompanhar a evolução de tais pacientes, comparar a eficácia da antibioticoterapia entre os grupos e correlacionar os dados clínicos com a presença de bactéria formadora de biofilme. Resultados esperados: espera-se que a CIB seja significativamente maior em relação à MIC da contraparte planctônica e que pacientes com agudização de RSC envolvendo bactérias formadoras de biofilmes possam estar relacionadas a uma pior evolução com o tratamento com antimicrobiano. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CANTAREIRA SABINO, HENRIQUE AUGUSTO; PEREIRA VALERA, FABIANA CARDOSO; ARAGON, DAVI CASALE; FANTUCCI, MARINA ZILIO; TITONELI, CAROLINA CARNEIRO; MARTINEZ, ROBERTO; ANSELMO-LIMA, WILMA T.; TAMASHIRO, EDWIN. Amoxicillin-clavulanate for patients with acute exacerbation of chronic rhinosinusitis: a prospective, double-blinded, placebo-controlled trial. INTERNATIONAL FORUM OF ALLERGY & RHINOLOGY, v. 7, n. 2, p. 135-142, FEB 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.