Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do risco neonatal e do temperamento no comportamento de crianças nascidas pré-termo na fase pré-escolar

Processo: 13/12509-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Maria Beatriz Martins Linhares
Beneficiário:Rafaela Guilherme Monte Cassiano
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/11533-8 - Prematuridade e problemas de comportamento em duas amostras de crianças de diferentes culturas, BE.EP.DR
Assunto(s):Nascimento prematuro   Psicologia da criança   Temperamento

Resumo

Crianças que nasceram pré-termo e com muito baixo peso são mais susceptíveis a apresentarem problemas de comportamento e baixa regulação no temperamento em comparação às crianças que nasceram a termo. Torna-se importante avançar na compreensão sobre o impacto longitudinal dos riscos neonatais sofridos pelas crianças pré-termo, associados ao temperamento infantil, no seu comportamento, considerando amostra de alto risco biológico e social. O presente estudo tem por objetivo examinar o efeito preditor das características neonatais e sociodemográficas e do temperamento e comportamento, avaliados na fase de 18-36 meses de idade, no desfecho do comportamento das crianças nascidas pré-termo na idade pré-escolar. O estudo de delineamento longitudinal inclui três fases: neonatal, 18 aos 36 meses de idade e período pré-escolar (4-5 anos). A amostra do estudo será composta por 100 crianças nascidas pré-termo (< 37 semanas de idade gestacional) e com muito baixo peso ao nascimento (< 1.500 gramas). Os dados serão coletados em um hospital universitário público vinculado ao SUS. Serão aplicados os seguintes instrumentos: o Early Childhood Behavior Questionnaire (avaliação do temperamento), o Child Behavior Checklist 1 ½-5 (avaliação do comportamento), o Índice de Risco Clínico para Bebês (CRIB) e o Neonatal Infant Stressor Scale (indicador de estresse neonatal). Além disso, serão coletadas informações sobre a condição de saúde no prontuário médico e condições socioeconômicas das famílias. Os dados serão analisados por meio da análise de estatística descritiva e análise de predição (análise de regressão linear múltipla). A variável predita do presente estudo consistirá nos problemas de comportamento avaliados na fase pré-escolar. Nas variáveis preditoras serão incluídas: variáveis neonatais (peso ao nascimento, idade gestacional, índice risco clínico neonatal, índice de estresse neonatal e tempo de internação hospitalar), variáveis sociodemográficas (escolaridade materna, escolaridade do chefe da família e condições socioeconômicas) e variáveis do temperamento e comportamento, avaliados na fase de 18-36 meses de idade. Os dados serão processados por meio do SPSS, versão 19.0, (Chicago, IL, EUA) e o nível de significância adotado será p d 0,05. Os resultados serão organizados e discutidos à luz da literatura pertinente e atual da área.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
El tiempo de internación puede influir en el comportamiento de los bebés prematuros 
Tempo na UTI neonatal pode ter impacto no comportamento de bebês prematuros 

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASSIANO, RAFAELA G. M.; PROVENZI, LIVIO; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ; GASPARDO, CLAUDIA M.; MONTIROSSO, ROSARIO. Does preterm birth affect child temperament? A meta-analytic study. INFANT BEHAVIOR & DEVELOPMENT, v. 58, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
CASSIANO, RAFAELA G. M.; GASPARDO, CLAUDIA M.; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ. Temperament moderated by neonatal factors predicted behavioral problems in childhood: A prospective longitudinal study. EARLY HUMAN DEVELOPMENT, v. 135, n. SI, p. 37-43, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
GASPARDO, CLAUDIA M.; CASSIANO, RAFAELA G. M.; GRACIOLI, SOFIA M. A.; FURINI, GUILHERME C. B.; LINHARES, MARIA BEATRIZ M. Effects of Neonatal Pain and Temperament on Attention Problems in Toddlers Born Preterm. JOURNAL OF PEDIATRIC PSYCHOLOGY, v. 43, n. 3, SI, p. 342-351, APR 2018. Citações Web of Science: 4.
MONTE CASSIANO, RAFAELA GUILHERME; PROVENZI, LIVIO; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ; GASPARDO, CLAUDIA MARIA; MONTIROSSO, ROSARIO. Maternal sociodemographic factors differentially affect the risk of behavioral problems in Brazilian and Italian preterm toddlers. INFANT BEHAVIOR & DEVELOPMENT, v. 50, p. 165-173, FEB 2018. Citações Web of Science: 1.
MONTE CASSIANO, RAFAELA GUILHERME; GASPARDO, CLAUDIA MARIA; DE DEUS FACIROLI, RICARDO AUGUSTO; MARTINEZ, FRANCISCO EULOGIO; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ. Temperament and behavior in toddlers born preterm with related clinical problems. EARLY HUMAN DEVELOPMENT, v. 112, p. 1-8, SEP 2017. Citações Web of Science: 3.
MONTE CASSIANO, RAFAELA GUILHERME; GASPARDO, CLAUDIA MARIA; BUCKER FURINI, GUILHERME CORDARO; MARTINEZ, FRANCISCO EULOGIO; MARTINS LINHARES, MARIA. BEATRIZ. Impact of neonatal risk and temperament on behavioral problems in toddlers born preterm. EARLY HUMAN DEVELOPMENT, v. 103, p. 175-181, DEC 2016. Citações Web of Science: 4.
CASSIANO, RAFAELA G. M.; GASPARDO, CLAUDIA M.; LINHARES, MARIA BEATRIZ M. PREMATURITY, NEONATAL HEALTH STATUS, AND LATER CHILD BEHAVIORAL/EMOTIONAL PROBLEMS: A SYSTEMATIC REVIEW. INFANT MENTAL HEALTH JOURNAL, v. 37, n. 3, p. 274-288, MAY-JUN 2016. Citações Web of Science: 18.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.