Busca avançada
Ano de início
Entree

monitorização de estímulo ovariano controlado

Processo: 13/11788-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Wellington de Paula Martins
Beneficiário:Clarissa Vilela Rodrigues Vieira de Carvalho Dias
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de reprodução assistida   Reprodução humana   Ultrassonografia   Fertilização in vitro

Resumo

Introdução: A hiperestimulação ovariana controlada (HOC) é importante para o recrutamento de maior número de folículos nas técnicas de reprodução assistidas (TRA) o que está associado a melhores resultados. Por outro lado aumenta o risco de síndrome de hiperestímulo ovariano (SHO), uma grave complicação. A ultrassonografia isolada ou combinada com a avaliação de níveis hormonais (estradiol sérico) é útil para monitorização da HOC com o objetivo de cancelamento precoce dos ciclos sem resposta ovariana apropriada, evitando-se gastos de recursos desnecessários; determinar o melhor momento para disparar a maturação folicular final, maximizando o número de oócitos captados; e identificar os casos de risco elevado da ocorrência de SHO.Objetivos: Avaliar a eficácia e segurança da monitorização da HOC por US com ou sem avaliação de níveis hormonais, em mulheres submetidas à TRA. Também pretendemos comparar diferentes métodos ultrassonográficos.Métodos: Pesquisaremos estudos usando os seguintes bancos de dados eletrônicos: Cochrane Central Register of Controlled Trials (CENTRAL); CINAHL; Embase; LILACS; MEDLINE; PsycINFO; e bancos de dados de registro de ensaios clínicos; adicionalmente iremos avaliar manualmente a lista de referência dos estudos incluídos e revisões similares. Serão incluídos apenas ensaios clínicos randomizados. Não serão impostas restrições de data ou idioma de publicação. Os dados extraídos dos estudos serão combinados para metanálise. A qualidade da evidência será classificada de acordo com o Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation (GRADE) Working Group.Palavras-chave: ultrassonografia ou ultrassom, fertilização in vitro, estimulação ovariana, hiperestimulação ovariana, síndrome de hiperestímulo ovariano, ICSI, técnicas de reprodução assistida e estudo randomizado.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DIAS, Clarissa Vilela Rodrigues Vieira de Carvalho. Ultrassom para monitorização da estimulação ovariana controlada: revisão sistematizada e metanálise de estudos randomizados controlados. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.