Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização parcial do fator de transcrição RlmA e sua localização sub celular no fungo oportunista humano Aspergillus fumigatus

Processo: 13/25693-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Iran Malavazi
Beneficiário:Fernanda Moret Carvalho
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Aspergillus fumigatus

Resumo

Aspergillus fumigatus é um fungo filamentoso ubíquo que apresenta um importante papel na natureza da reciclagem de carbono e nitrogênio. Atualmente é o patógeno de maior prevalência no ar levando a infecções invasivas graves (aspergiloses), entretanto ainda não é compreendida a razão pela qual esta espécie se tornou um dos patógenos oportunistas mais predominantes. Para se adaptar às mudanças do meio e para a manutenção de um estado de homeostasia, os microrganismos desenvolveram um sofisticado sistema regulatório que controla as respostas celulares durante a adaptação ambiental transduzindo um sinal externo para proteínas efetoras de resposta. Em especial, a via da integridade da parede celular (CWI) é responsável pelo remodelamento e reforço da parece celular em situação de estresse. CWI atua em células fúngicas conectando sinais extracelulares de danos ou estresse de parede celular a uma via de transdução de sinal mediada pelo eixo proteína quinase C (PKC) e MAPK que culmina na ativação do fator de transcrição RLM1 em Saccharomyces cerevisiae. RLM1 tem um papel primordial na regulação de genes envolvidos na biossíntese e reforço da parede celular em S. cerevisiae. Em A. fumigatus, através de análise de similaridade, foi possível identificar o homólogo de RLM1, denominado aqui rlmA (Afu3g08520). Entretanto seu papel como efetor da CWI ainda não se encontra esclarecido. Portanto, o principal objetivo deste trabalho é o estudo do fator de transcrição rlmA de A.fumigatus e a sua importância na manutenção integridade da parede celular. A parede celular é uma estrutura rígida, essencial para a sobrevivência dos fungos, e o conhecimento de como sua manutenção relaciona-se com a função de rlmA poderá ser útil para o desenvolvimento de novas drogas antifúngicas. Recentemente nosso laboratório isolou o mutante nulo DrlmA o qual será empregado neste estudo para a análise fenotípica aqui proposta. Além disso, já foram construídas duas linhagens: DrlmA::rlmA (complementante genético) a qual será utilizada nos experimentos de caracterização fenotípica e a linhagem rlmA::gfp visando: (i) o estudo da localização sub-celular de RlmA na ausência e na presença de estresse de parede celular e (ii) a sua abundância em nível proteico através de técnica de western blot nas mesmas condições.