Busca avançada
Ano de início
Entree

Será que os meus cliques no joelho são importantes? a associação entre crepitação e função do joelho de idosos com ou em alto risco de desenvolver osteoartrite no joelho

Processo: 14/08617-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 10 de julho de 2014
Vigência (Término): 09 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Fábio Mícolis de Azevedo
Beneficiário:Nathalie Clara Souto Faria
Supervisor no Exterior: Evangelos Pappas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Sydney, Austrália  
Vinculado à bolsa:13/10755-9 - Análise comparativa da modulação do reflexo h do vasto medial em mulheres normais e com síndrome da dor femoropatelar, BP.MS
Assunto(s):Biomecânica   Joelho   Osteoartrite   Fisioterapia

Resumo

A osteoartrite (AO) é uma doença que tem como principal característica a degeneração da cartilagem articular, é progressiva e lenta. Afeta principalmente pessoas idosas, a porcentagem de AO de joelho para pessoas acima de 60 anos é de 37% na população dos Estados unidos. Esta doença gera limitações e incapacidades para os indivíduos, além de gerar custos para o sistema de saúde. Os principais sintomas e sinais são dor persistente no joelho, inchaço pela manhã, redução da função, restrição de movimento, alteração da forma do osso e crepitação. A crepitação pode ocorrer acompanhada ou não de dor e é comum nas avaliações clínicas de indivíduos com OA de joelho. Embora a crepitação e redução da função sejam achados comuns em pessoas com osteoartrites de joelho, nenhum estudo investigou a associação entre eles. Nossa hipótese é que crepitação e função estão associadas entre pessoas que tem osteoartrite de joelho ou que tem um alto risco de desenvolver a doença. Diante disso nosso objetivo é analisar se existem diferenças nas medidas funcionais (avaliadas pelos questionários WOMAC, SF12 e KOOS) entre pessoas que tem e que não tem a crepitação no joelho. Para a realização desse estudo serão utilizados dados de um banco de dados online de estudo multicêntrico direcionado a identificar e validar biomarcadores para AO de joelho que obteve dados de 1479 indivíduos. (AU)