Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de marcadores moleculares de resposta ao tratamento neoadjuvante em pacientes com adenocarcinoma de reto

Processo: 14/06323-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Silvia Regina Rogatto
Beneficiário:Luisa Matos Do Canto Alvim
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/25803-4 - Análise integrada (genômica, transcriptômica e metiloma) de câncer de reto para identificar preditores de resposta ao tratamento neoadjuvante, BE.EP.DD
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias retais   Adenocarcinoma   Terapia neoadjuvante   Metilação de DNA   Transcriptoma   Biomarcadores tumorais

Resumo

Tumores de cólon e de reto diferem não só quanto à localização, mas também quanto ao tipo e a frequência de alterações genômicas e epigenômicas, assim como genes e vias moleculares envolvidos no seu desenvolvimento. Para pacientes com tumores em estágio inicial, nos dois tipos de câncer, é recomendada a exérese tumoral por cirurgia, podendo ser indicada quimioterapia pós-cirúrgica. Entretanto, em estágios mais avançados a conduta de tratamento dessas neoplasias diverge, sendo a radioterapia ou radioquimioterapia neoadjuvante recomendada apenas para pacientes com tumores de reto em estágio II ou III. A resposta clínica ao tratamento é avaliada pela presença de tumor residual. Porém, apenas 25% a 50% dos pacientes que apresentam resposta clínica completa também apresentarão resposta patológica completa, sendo essa detectada apenas por cirurgia. Estudos moleculares têm sido realizados em carcinomas de reto para a busca de marcadores com o intuito de identificar pacientes respondedores ao tratamento neoadjuvante. Até o presente momento, o antígeno carcinoembriônico (CEA) é o único marcador utilizado na prática clínica como fator prognóstico de acompanhamento pós-cirúrgico nesses pacientes. Este projeto tem como objetivo avaliar os padrões de metilação e de alterações genômicas, assim como a expressão de transcritos em biópsias de pacientes diagnosticados com adenocarcinoma de reto submetidos à terapia neoadjuvante. Todas as biópsias foram coletadas previamente ao tratamento quimio- e ou radioterápico. A análise integrada dos dados genômicos, transcriptômicos e de metilação tem potencial para evidenciar drivers candidatos a marcadores de resposta à terapia e para revelar alvos terapêuticos mais eficazes para o tratamento de pacientes com câncer de reto. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DO CANTO, LUISA MATOS; LARSEN, SIMON J.; CATIN KUPPER, BRUNA E.; FERREIRA DE SOUZA BEGNAMI, MARIA DIRLEI; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; PETERSEN, ANNABETH HOGH; AAGAARD, MADS M.; BAUMBACH, JAN; AGUIAR JR, SAMUEL; ROGATTO, SILVIA R. Increased Levels of Genomic Instability and Mutations in Homologous Recombination Genes in Locally Advanced Rectal Carcinomas. FRONTIERS IN ONCOLOGY, v. 9, MAY 14 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.