Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica de tebuthiuron e hexazinona em solos sob aplicação de biocarvão

Processo: 14/18293-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Jussara Borges Regitano
Beneficiário:Letícia de Pierri
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/16140-4 - Desempenho de dois catalisadores a base de biocarvão e MnII na degradação de tebuthiuron e hexazinona., BE.EP.DR
Assunto(s):Poluição do solo   Agrotóxicos   Biocarvão

Resumo

A aplicação de biocarvão ao solo tem sido divulgada como prática com vantagens agrícolas e ambientais, resultando na melhora das características químicas e físicas do solo e no potencial de mitigação de gases do efeito estufa. No entanto, a reatividade do biocarvão pode resultar em interações com pesticidas, anulando sua eficácia ou impondo doses maiores que as recomendadas, com consequente aumento do risco de contaminação ambiental. As reações que ocorrem entre o biocarvão e os pesticidas dependem das características do solo e da molécula, além das propriedades intrínsecas ao próprio biocarvão, influenciadas pela matéria-prima e pela temperatura de pirólise. De maneira geral, observa-se aumento da sorção e da persistência dos xenobióticos no solo quando da aplicação de biocarvões produzidos a elevadas temperaturas e resíduos lignificados. O tebuthiuron e a hexazinona são herbicidas pré-emergentes com grande importância econômica para a cana-de-açúcar e podem ser negativamente afetados pela aplicação do biocarvão ao solo, sendo desconhecidos até o presente, trabalhos que tenham estudado essas moléculas diante deste cenário. Portanto, este projeto propõe avaliar o efeito da aplicação de biocarvão na dinâmica do tebuthiuron e hexazinona em solos contrastantes. Para tal, serão avaliados: I) a sorção de tebuthiuron e hexazinona no solo em resposta à aplicação de biocarvões produzidos com diferentes tipos de biomassa e temperaturas de pirólise; II) efeito de doses crescentes de biocarvão na eficiência de controle de braquiária pelos herbicidas (até oito vezes a dose recomendada) e III) a taxa de dissipação destes herbicidas em função da presença de biocarvão no solo. Espera-se que o trabalho auxilie na tomada de decisão por parte de técnicos, produtores e órgãos fiscalizadores no que concerne à utilização racional e sustentável do biocarvão como condicionador de solos agrícolas no Brasil. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PIERRI, Letícia de. Dinâmica de tebuthiuron e hexazinona em solos sob aplicação de biocarvão. 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.