Busca avançada
Ano de início
Entree

O significado e a função do conceito de autenticidade na definição do patrimônio mundial

Processo: 14/26571-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 30 de março de 2015
Vigência (Término): 25 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Beatriz Mugayar Kühl
Beneficiário:Antônio de Oliveira Mello Júnior
Supervisor no Exterior: Claudio Varagnoli
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli studi G.D’Annunzio Chieti Pescara, Itália  
Vinculado à bolsa:12/24814-4 - O sentido e a operacionalidade da noção de autenticidade na preservação do patrimônio: os paradigmas de Brasília e Ouro Preto, BP.DR
Assunto(s):Patrimônio mundial

Resumo

O projeto de pesquisa de doutoramento tem por objetivo a discussão do uso do conceito de autenticidade com vistas à preservação do patrimônio cultural. Ao se considerar o caráter eurocêntrico do seu significado tradicional, a ideia de autenticidade é relativizada diante de sua dimensão cultural. Um relativismo que coloca em risco a preservação da materialidade dos artefatos, tendo em vista a incorporação da instância imaterial da noção de autenticidade no debate contemporâneo. Ao se supor que a autenticidade não se reduz ao substrato material do patrimônio cultural, a despeito da importância desse substrato para a preservação dos atributos dos artefatos, foram determinados dois estudos de caso para discutir a questão: os paradigmas de Ouro Preto e Brasília. Uma discussão que propõe o aprofundamento da reflexão acerca dos aspectos teóricos e metodológicos relacionados à preservação do patrimônio, ao examinar o significado e a função do conceito de autenticidade na definição do Patrimônio Mundial. Para tanto, este projeto contempla o estágio de pesquisa no exterior em Roma, sob a supervisão do Professor Cláudio Varagnoli, da Faculdade de Arquitetura da Universidade 'G. d'Annunzio' de Chieti e Pescara. Além da importância do contexto italiano no debate acerca da preservação do patrimônio cultural, considera-se igualmente a 'expertise' do Professor Varagnoli, tendo em vista os ganhos para a pesquisa em andamento. Ademais, a estadia em Roma permitirá o acesso à Biblioteca Central da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Roma 'La Sapienza' e ao ICCROM, Centro Internacional de Estudos para a Conservação e Restauração de Bens Culturais, que conta com uma das maiores e mais completas bibliotecas mundiais sobre o tema, tanto em termos de publicações quanto de acervo documental. (AU)