Busca avançada
Ano de início
Entree

Os processos de construção de diferenças entre tatuadores nipodescendentes no Brasil

Processo: 15/16741-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Igor José de Renó Machado
Beneficiário:Paula Sayuri Yanagiwara
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Identidade cultural   Identidade étnica   Tatuagem   Japão

Resumo

Este projeto de pesquisa propõe-se a estudar as maneiras com que tatuadores nipodescendentes, em sua prática profissional, passam por processos de construção de diferenças e as formas com que esses processos se relacionam com questões como etnicidades, identidades étnicas, raça, fenótipo, estereótipos, formulados acerca de sua imagem enquanto nipodescendentes. Busca-se compreender de que formas, no plural, tatuadores nipodescendentes no Brasil olham o processo do tatuar(-se), como o compreendem, passando à indagação, mais específica, de se e como a tatuagem produzida por esses tatuadores é perpassada por essas categorias de análise e, ainda, como as construções do imaginário coletivo sobre os japoneses e seus descendentes atuam sobre o processo de construção de diferenças dos atores desta pesquisa. Como objetivos, procuro entrever as lacunas e os limites das abordagens que tratam da identidade quando pensadas na prática da tatuagem por tatuadores nipodescendentes, entender as compreensões próprias desses tatuadores sobre sua prática e sobre as categorias de diferença.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)