Busca avançada
Ano de início
Entree

As interfaces da relação eu-espectador com a série Orphan Black

Processo: 15/17616-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Cinema
Pesquisador responsável:Ciro Juvenal Rodrigues Marcondes Filho
Beneficiário:Raissa Araújo do Rosário Silva
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Identidade (psicologia)   Alteridade   Subjetividade   Espectador   Séries   Programa de televisão

Resumo

Este trabalho tem como objetivo estudar como a série televisiva Orphan Black (BBC America, 2013) reverbera na mente do espectador que a assiste, como interfere - se o faz - na sua capacidade sensorial e perceptiva, que ressonâncias subjetivas são provocadas, em suma, que produção de sentido se realiza no processo mental do espectador, que pode levá-lo a redefinir opiniões, comportamentos e posturas. Para tanto, vai ser utilizada, como procedimento de pesquisa, a proposta metapórica, na forma como é apresentada pela Nova Teoria da Comunicação, apresentada pelo Núcleo de Estudos Filosóficos da Comunicação, FiloCom, da Escola de Comunicações e Artes da USP. O estudo irá debruçar-se mais especificamente sobre as interfaces que permeiam a relação da identidade daquele que denominamos "eu-espectador", em sua relação com a alteridade (de outrem ou de outros objetos), no momento da vivência daquilo que se denomina "acontecimento comunicacional" dentro de uma obra televisiva. Os resultados obtidos desta investigação serão cotejados com as proposições do campo teórico, particularmente aquelas que realizam uma reflexão a respeito do sensível como ponto de partida para compreender o que atravessa a percepção do espectador em sua relação com a obra. Assim sendo, serão revisitadas as obras de Kirchof (2003), Bergson (2006) e Deleuze (2007a). Para consubstanciar a formação da identidade e a respectiva produção da alteridade, serão utilizados Hall, (2006), Bhabha (1998), Bauman (2005), Buber (2001), Silva (2011) e ¬Woodward (2011). Por fim, irá se pesquisar também a estrutura seriada e as estratégias narrativas da série de televisão com base em autores como Umberto Eco (1989), Arlindo Machado (2005), Mittell (2012), Gerbase (2014), Balogh (2002) e Rodrigues (2014). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Raissa Araújo do Rosário. As interfaces da relação eu-espectador com séries de tv. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.