Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico molecular da malária: padronização de métodos quantitativos baseados em Loop-mediated isothermal amplification

Processo: 16/03221-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Marcelo Urbano Ferreira
Beneficiário:Lais Camoese Salla
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular   Plasmodium   Malária

Resumo

Malária atinge cerca de 214 milhões de pessoas anualmente, sendo o Brasil o país de maior incidência nas Américas, com aproximadamente 143.000 novos casos reportados, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde. Destes casos, a maior prevalência é de infecções por Plasmodium vivax, seguida por P. falciparum e raríssimos casos de infecções por P. malariae. Os diagnósticos realizados no Brasil, em áreas endêmicas, são baseados em microscopia, o que exige treinamento específico e é dificultado em locais de baixa transmissão e em pacientes assintomáticos. A técnica de LAMP é eficaz em detectar baixas parasitemias a partir de pequenas quantidades de sangue, é de fácil de reprodução, não exigindo técnicas complexas e é apto para ser utilizada em trabalhos de campo, necessitando de equipamentos simples. Neste trabalho, objetivamos padronizar a técnica de LAMP utilizando genoma nuclear e mitocondrial, além de quantificar a parasitemia da amostra em tempo real e comparar os resultados obtidos, nos quesitos sensibilidade e especificidade, com o diagnóstico atualmente utilizado. (AU)