Busca avançada
Ano de início
Entree

Ajustes posturais sob perturbação externa em indivíduos com Doença de Parkinson e neurologicamente sadios

Processo: 16/00503-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Lilian Teresa Bucken Gobbi
Beneficiário:Victor Spiandor Beretta
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Assunto(s):Controle postural   Controle motor   Doença de Parkinson

Resumo

O componente cognitivo e os processamentos mais corticais são necessários para a manutenção da postura, que emprega mecanismos de controle preditivos e reativos. Indivíduos com doença de Parkinson (DP) apresentam declínio no controle da postura, principalmente na presença de perturbações externas. O uso de dicas sobre a perturbação postural parece ser eficiente para melhorar o controle postural de idosos neurologicamente sadios, porém a influência do fornecimento de dicas sobre o controle postural em idosos com DP é pouco conhecido. Os objetivos da dissertação são comparar as respostas dos ajustes posturais preditivos e reativos em idosos neurologicamente sadios e com DP (Estudo 1), e verificar qual a influência do fornecimento de dicas sobre a perturbação e o controle da postura nestes ajustes (Estudo 2). Participarão desse estudo 40 idosos (20 com DP e 20 neurologicamente sadios) selecionados na comunidade. A perturbação postural será aplicada pelo deslocamento anteroposterior da superfície de apoio em condições que variam quanto à apresentação (inesperada e imprevisível) e ao tipo de dica (perturbação, verbal e smotassonsensorial do controle requerido). Serão analisados os parâmetros eletromiográficos e cinéticos dos ajustes posturais preditivos e reativos. Os dados serão analisados por meio de estatística paramétrica para comparações entre grupos e entre condições com nível de significância em 5%.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.