Busca avançada
Ano de início
Entree

O uso de dados no processo de projeto: programação visual e modelagem de informação

Processo: 16/05427-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 03 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Projeto de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:David Moreno Sperling
Beneficiário:Gabriele Do Rosário Landim
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/26553-7 - Design computacional: processo de projeto e interfaces de programação, BE.EP.MS
Assunto(s):Cibernética   Programação visual   Modelagem de dados   Processo de projeto

Resumo

O objetivo geral da pesquisa é examinar o uso de dados escritos com Programação Visual nas plataformas de Modelagem de Informação, a fim de identificar quais as possibilidades e limites do uso de dados de múltiplos agentes, como sociais, culturais, ambientais e produtivos no processo de projeto em arquitetura. Esta pesquisa se baseará na taxonomia que distingue tipos de modelagem paramétrica com base na maneira que suportam interação. Essa classificação será analisada à luz da teoria da Cibernética, que trata da organização de sistemas, a fim de estabelecer intersecções importantes e ligações diretas entre a teoria e prática, que podem esclarecer meios de como os diversos agentes que devem ser levados em consideração no projeto de arquitetura podem ser usados. Partimos de sistemas de Modelagem de Informação, e não de sistemas CAD (Computer Aided Design) por não trabalhar apenas com representação do modelo e sua complexidade formal. Os fluxos de projeto que incorporam e operam com dados de outras disciplinas são muito mais adequados para se adaptar e responder a questões contemporâneas. A relevância dessa pesquisa se dá no potencial de inovação tecnológica ao estabelecer métodos e reflexões que auxiliam na ampliação dos processos de projeto e produção arquitetônica. Através da aliança de estratégias computacionais e teorias sistêmicas que fornecem procedimentos para a resolução de problemas complexos, torna-se possível a revisão no processo de projeto, que considere aspectos sociais, ambientais e produtivos. Essa pesquisa insere-se nas investigações do Nomads.usp - Núcleo de Estudos de Habitares Interativos do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, IAU-USP. (AU)