Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel da informação visual no desvio de obstáculo durante o andar em pessoas com Doença de Parkinson com e sem efeito da medicação dopaminérgica

Processo: 16/09805-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Fabio Augusto Barbieri
Beneficiário:Pedro Henrique Alves de Paula
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Parkinson   Locomoção   Controle motor   Biomecânica   Visualização de informação   Dopaminérgicos   Espaço pessoal   Análise espaço-temporal
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Desviar de obstáculo | Doença de Parkinson | Informação Visual | Medicação Dopaminérgica | Controle Motor; Biomecânica

Resumo

A informação visual é essencial durante a locomoção, principalmente em ambientes que apresentam obstáculos como os encontrados no dia a dia. O processamento sensorial e perceptual é necessário para avaliar obstáculos que estão por vir. Déficits sensoriais e perceptuais foram recentemente identificados em pessoas que apresentam a doença de Parkinson (DP), tendo uma importante contribuição na desordem do movimento. Entretanto, há uma considerável lacuna no conhecimento de como a função sensório-perceptual dos gânglios basais afeta o controle do movimento, especialmente relacionado à medicação dopaminérgica. Assim, o objetivo deste estudo é investigar o papel da informação visual no desvio de obstáculo durante o andar em pessoas com DP e pessoas neurologicamente sadias de acordo com o tempo de disponibilidade desta informação. Ainda, o estudo analisa a influência da medicação dopaminérgica na integração sensória-motora de pessoas com DP durante o andar com desvio de obstáculo. Participarão do estudo 15 pessoas com DP e 15 pessoas neurologicamente sadias. Os participantes realizarão 5 tentativas nas seguintes condições: andar sem presença de obstáculo e andar com desvio do obstáculo à 5 m, 3 m, 1,5 m e a 0,8 m de distância do ponto de saída. Serão avaliados os parâmetros visuais, os parâmetros espaço-temporais do andar, o centro de massa, a estratégia de desvio do obstáculo e o espaço pessoal. As pessoas com DP e neurologicamente sadias realizarão as tarefas em dois momentos, estado "ON" e "OFF" do medicamento e antes e pós ingestão de placebo, respectivamente. Os parâmetros de interesse serão analisados por meio de ANOVAs three-way (grupos x estado de medicação x condição), com medidas repetidas para estado de medicação e tarefa.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBIERI, FABIO AUGUSTO; POLASTRI, PAULA FAVARO; BUCKEN GOBBI, LILIAN TERESA; SIMIELI, LUCAS; ALOTA PEREIR, VINICIUS IGNACIO; BAPTIST, ANDRE MACARI; MORETTO, GABRIEL FELIPE; FIORELLI, CAROLINA MENEZES; ITIKAWA IMAIZUMI, LUIS FELIPE; RODRIGUES, SERGIO TOSI. Obstacle circumvention and eye coordination during walking to least and most affected side in people with Parkinson's disease. Behavioural Brain Research, v. 346, p. 105-114, . (14/20549-0, 16/09805-0, 15/15928-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.