Busca avançada
Ano de início
Entree

Decodificar a função de dois proteínas do Plasmodium com o domínio histone-fold

Processo: 16/03952-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Célia Regina da Silva Garcia
Beneficiário:Chiara Currà
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/51295-5 - Genômica funcional em Plasmodium, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/22451-2 - Decodificar a função de dois proteínas do Plasmodium com o domínio histone-fold, BE.EP.PD
Assunto(s):Plasmodium falciparum   Plasmodium berghei   Malária

Resumo

A malária é causada por parasitas do gênero Plasmodium (filo Apicomplexa), e juntamente com a AIDS e tuberculose, ainda é a doença infecciosa mais letal nas a´reas mais pobres do mundo. Até o momento ainda não há uma vacina eficiente disponível contra o parasita, e o controle do do agente transmissor é extremamente difícil. A dificuldade de controle do agente transmissor, a falta de vacina eficiente e o desenvolvimento de resistência as drogas pelo parasita faz do descobrimento de novas estratégias de combate a malária uma prioridade. Em Plasmodium duas proteínas tem sido caracterizadas com domínio two histone-fold (HFD), domínio de ligação ao DNA encontrados em histonas e fatores de transcrição, subunidades NF-YB e NF-YC. Em P. falciparum, essas proteínas estão distribuídas no citoplasma de todas as formas do ciclo intraeritrocítico, mas também presentes no núcleo de trofozoítos e esquizontes. Provavelmente, HFD está envolvida em diferentes funções ao longo do ciclo de vida do parasita. Em P. berghei, NF-Yb e NF-Yc foram denominadas Oocysts Rupture Proteins (ORP1 e ORP2) devidoao fenótipo de mutantes nocautes. Além disso, as HFDs detectadas em ORP1 e 2 podem interagir levando a ruptura dos oocistos e transmissão de P. berghei. O presente conhecimento sobre ORPs/PfNF-YB/YC, portanto, sugere que as proteinas HFDs possuam diferentes funçõeses no estágio assexuado sanguíneo e em oocistos. O objetivo desse projeto é elucidar o papel dessas proteínas. Pretendemos utilizar nesse projeto abordagens de biologia celular e molecular, bioquímica e microscopia avançada. Abordagens de proteômica e bioinformática serão fundamentais para a identificação de fatores de interação. Por fim, a elucidação da interação NF-YB/DNA em P. falciparum e a possível dimerização NF-YB/YC em P. berghei trarão novas e inovadoras informações sobre interações DNA/proteínas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SIDEN-KIAMOS, INGA; PACE, TOMASINO; KLONIZAKIS, ANTONIOS; NARDINI, MARCO; GARCIA, CELIA R. S.; CURRA, CHIARA. Identification of Plasmodium berghei Oocyst Rupture Protein 2 (ORP2) domains involved in sporozoite egress from the oocyst. International Journal for Parasitology, v. 48, n. 14, p. 1127-1136, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.