Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da suplementação com ácido linoléico e/ou linolênico em células trofoblásticas bovinas (CT1)

Processo: 16/14184-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Claudia Maria Bertan Membrive
Beneficiário:Thais de Souza Ávida Castro
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Dracena. Dracena , SP, Brasil
Assunto(s):Reprodução animal   Mortalidade embrionária animal   Suplementação alimentar   Ácido linoleico   Ácidos graxos ômega-6   Ácidos graxos ômega-3   Proliferação celular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ácido linoléico | Ácido linolênico | celulas trofoblasticas | Ct1 | ômega 3 | ômega 6 | Reprodução Animal

Resumo

Em rebanhos bovinos, a mortalidade embrionária é uma das maiores causas de falhas reprodutivas. Assume-se que quanto maior o elongamento e comprimento do concepto maior a produção de interferon-tau (IFNT), condição que amplia as chances de sucesso no reconhecimento materno-fetal. Assim, fatores promotores da maior proliferação das células trofoblásticas tornam-se candidatos a promoverem uma redução na mortalidade embrionária precoce, ação mediada pela possibilidade de maior produção de IFNT pelo concepto. Hipotetizou-se que a suplementação do meio de cultivo de células trofoblásticas bovinas (CT1), com ácido linoléico e/ou linolênico, promove um aumento na proliferação celular de CT1 e na produção de IFNT. O objetivo geral do presente estudo será avaliar os efeitos da suplementação, com ácido linoléico e/ou linolênico em diferentes doses, na proliferação celular de CT1 e na produção de IFNT. Assim, tornam-se objetivos específicos: a) avaliar os efeitos de diferentes doses de ácido linolênico na proliferação celular e produção de IFNT nas CT1 (Experimento 1); b) avaliar os efeitos de diferentes doses de ácido linoléico na proliferação celular e produção de IFNT nas CT1 (Experimento 2) e c) avaliar o efeitos das doses pré-determinadas nos experimentos 1 e 2, de ácido linolênico e/ou linoléico, na proliferação celular e produção de IFNT nas CT1 (Experimento 3). Considerando as perdas econômicas ocasionadas pela mortalidade embrionária precoce em fêmeas bovinas, caso venha a ser comprovado um efeito benéfico da suplementação com AGPI, especificamente linolênico e/ou linoléico, na proliferação das células trofoblásticas, tal conceito determinará a base para a elaboração de estratégias a campo que possam reduzir a mortalidade embrionária precoce e melhorar as taxas de concepção em programas de IATF e TETF.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)