Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados como sistema de carreamento de curcumina e avaliação biológica in vitro em células de câncer de bexiga

Processo: 16/16921-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Priscyla Daniely Marcato Gaspari
Beneficiário:Jacqueline Campos Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nanobiotecnologia   Neoplasias da bexiga   Carreadores lipídicos nanoestruturados   Curcumina

Resumo

Considerada a segunda doença maligna mais comum do trato urinário, o câncer de bexiga urinária (CB) causa grande preocupação devido às estimativas alarmantes que crescem a cada ano. Dentre as terapias utilizadas no CB, destacam-se a imunoterapia com BCG e a quimioterapia. No entanto, a eficiência destas é limitada em razão de alguns fatores como, por exemplo, os efeitos adversos indesejados e a alta taxa de recorrência após o tratamento. Assim, estudos são realizados com a vasta reserva natural de compostos orgânicos existentes como estratégia para encontrar agentes quimioterápicos mais seletivos, efetivos e com menor toxicidade. Com essa finalidade, as oleorresinas de várias espécies de Copaífera e compostos fenólicos como a curcumina têm sido alvo de pesquisas por apresentarem inúmeras propriedades farmacológicas e terapêuticas, dentre elas a antitumoral. Além da escolha de um antitumoral mais eficiente, alguns desafios na terapia intravesical do CB precisam ser superados como, por exemplo, a baixa permeação de moléculas no urotélio e seu baixo tempo de residência na bexiga, o que torna necessário várias administrações, causando desconforto ao paciente e risco de infecções. A fim de transpor essas barreiras, sistemas de liberação sustentada de fármacos têm sido utilizados. Através destes sistemas pode-se obter maior internalização do fármaco nas células tumorais, liberação prolongada, menor toxicidade, maior tempo de residência no local de ação e menor número de administrações. Dentre as nanopartículas destacam-se os carreadores lipídicos nanoestruturados (CLN) devido a sua alta estabilidade, fácil produção em larga escala e alta eficiência de encapsulamento de moléculas lipofílicas. Nesse sentido, este projeto visa o desenvolvimento e caracterização de CLN preparados com oleorresina de Copaifera duckei (O-Cd) como sistema de carreamento de curcumina (CM), para possível uso futuro na terapia intravesical do CB. As partículas serão preparadas pelo método de emulsão e sonicação e serão caracterizadas quanto ao diâmetro e potencial zeta por espectroscopia de correlação de fótons, quanto à morfologia por microscopia de força atômica, e quanto à cristalinidade por calorimetria exploratória de varredura. Também serão avaliados a eficiência de encapsulamento e o perfil de liberação da curcumina. A eficácia desses sistemas nanoestruturados será analisada por ensaios de citotoxicidade em células de câncer de bexiga (RT4) em modelos de cultivo 2D e 3D.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Jacqueline Campos. Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados como sistema de carreamento de extrato de Curcuma longa e avaliação biológica in vitro em células de câncer de bexiga. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.