Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação e validação da escala patient perceptions of hemodialysis scale para o contexto brasileiro

Processo: 17/00701-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Fabiana de Souza Orlandi
Beneficiário:Daniele Prado de Souza
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade de vida   Insuficiência renal crônica   Diálise renal   Enfermagem em nefrologia   Estudos de validação

Resumo

A Doença Renal Crônica (DRC) é considerada um problema de saúde pública. Dentre as formas de tratamento dialítico, a mais comum é a hemodiálise (HD). Pacientes com DRC em HD vivenciam diversas alterações biopsicossociais que comumente impactam negativamente em diferentes dimensões da qualidade de vida. A fim de proporcionar melhorias nos cuidados e na qualidade de vida desses pacientes, os profissionais e gestores da área da saúde precisam ter maior compreensão sobre como os pacientes vivenciam a doença e o tratamento. Neste contexto, foi criado o instrumento intitulado "Patient Perceptions of Hemodialysis Scale" (PPHS), especificamente em Newfoundland, Canadá. A PPHS foi construída com o intuito de avaliar o universo que abrange o paciente com DRC, por meio da análise de suas experiências em relação à adaptação à doença e tratamento, seus sentimentos, apoio social, eventos críticos, fatores de risco e a relação com a equipe de saúde, para melhorar a compreensão da percepção de vida do paciente em tratamento hemodialítico. Sendo assim, esta pesquisa de iniciação científica visa adaptar e validar a PPHS para o contexto brasileiro. Trata-se de um estudo metodológico de adaptação cultural e validação da PPHS para o Brasil. As etapas iniciais do processo de tradução e adaptação cultural já foram realizadas, conforme preconizado pela literatura, que foram: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução (back translation) e revisão por um comitê de juízes. Dessa forma, será dada continuidade ao processo de adaptação e validação da PPHS, realizando-se a etapa de Pré-teste, de Apresentação e avaliação dos relatórios do processo de adaptação transcultural da PPHS e de Avaliação das propriedades psicométricas da PPHS, para validação da mesma. Para esta última etapa, os pacientes com DRC em HD serão entrevistados individualmente, respeitando-se os critérios de inclusão/exclusão, após o consentimento em participar do estudo com a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, sendo aplicados os seguintes instrumentos: caracterização sociodemográfica, PPHS, Mini Exame do Estado Mental, Patient Health Questionnaire - 9 e Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFSCar, sob parecer 1.710.623. (AU)