Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da associação do ácido acetilsalicílico com ômega 3 no processo inflamatório induzido por CFA na articulação temporomandibular (ATM) de ratos: estudo piloto

Processo: 17/17472-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Francisco Carlos Groppo
Beneficiário:Beatriz Hidalgo Ceotto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamação   Ácido acetilsalicílico   Ácidos graxos ômega-3   Disfunção temporomandibular   Articulação temporomandibular   Modelos animais

Resumo

As desordens temporomandibulares (DTM) abrangem um conjunto de alterações craniofaciais, que pode envolver a ATM, os músculos da mastigação e estruturas associadas. Ao contrário de outros inibidores da cicloxigenase, o ácido acetilsalicílico (AAS) aumenta a formação de lipoxinas derivadas do ácido araquidônico, as quais ajudam na resolução da inflamação. As resolvinas oriundas de ácidos graxos poliinsaturados, especialmente o eicosapentaenoico de tipo 3 (Omega-3 ou É-3), são catalisadas pelo AAS e têm ação anti-inflamatória em doenças cardiovasculares e na artrite reumatoide. Os objetivos deste estudo são avaliar aspectos morfológicos e histoquímicos, bem como o nível de citocinas nos tecidos da ATM, em animais com artrite induzida por adjuvante completo de Freund (CFA) + colágeno bovino tipo II (CII). Serão utilizados 24 ratos machos adultos distribuídos nos seguintes grupos: G1 - 100 ¼L de CFA + CII na base da cauda; G2 - 100 µl injeção de CFA + CII na base da cauda, com administração intragástrica diária de 300 mg/kg de É-3, durante 7 dias; G3 - 100 µl injeção de CFA + CII na base da cauda, com administração intragástrica diária de 300 mg/kg de É-3 + ácido acetilsalicílico 20 mg/kg/dia i.p. durante 7 dias. Os grupos 2 e 3 serão tratados após 15 dias da indução da artrite. Os animais serão mortos após sete dias de tratamento para ambos os grupos e a ATM de ambos os lados será retirada. Uma ATM será submetida, após a fixação e descalcificação, ao processamento histológico (HE, azul de toluidina e vermelho Picrossirius-hematoxilina). A ATM contralateral será submetida à maceração e centrifugação em solução tampão (tris-HCl 50 mM, pH 7,5). O sobrenadante será usado para o imunoensaio (ELISA) para avaliação das citocinas IL1-alfa, TNF-alfa e IL-10. A leitura será feita por espectrofotometria. Os resultados serão avaliados por ANOVA ou teste de Kruskal-Wallis, na dependência da distribuição de dados e o escapulário das variâncias. Palavras-chave. Disfunção temporomandibular, ômega 3, citocinas, inflamação, ácido acetilsalicílico (AU)