Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do efeito fenotípico de SNPs situados no locus Irm1 que regula a produção de IL-1beta em camundongos

Processo: 17/26532-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunogenética
Pesquisador responsável:Olga Celia Martinez Ibanez
Beneficiário:Bárbara Anaís Rodrigues dos Santos
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/07007-9 - Análise do efeito fenotípico de SNPs situados no locus Irm1 que regula a produção de IL-1beta em camundongos, AP.R
Assunto(s):Polimorfismo de um único nucleotídeo   CRISPR-Cas9   Modelos animais

Resumo

O PYCARD é uma proteína adaptadora composta pelos domínios PYRIN e CARD, que possui papel chave na formação de diferentes complexos do inflamassoma que desencadeiam a maturação da Caspase-1. A Caspase-1 por sua vez, possui atividade enzimática no zimogênio de IL1² e IL18 transformando-as nas suas formas ativas. Diversos estudos têm associado a secreção desregulada dessas citocinas com o estabelecimento de doenças inflamatórias, dentre elas a artrite reumatoide. Através de cruzamentos bidirecionais em gerações consecutivas a partir de população heterogênea, o Laboratório de Imunogenética do Instituto Butantan produziu linhagens de camundongos com alta (AIRmax) ou baixa (AIRmin) capacidade de produzir resposta inflamatória aguda. Estes animais são modelos de estudo para diversas doenças inflamatórias, dentre elas, artrite induzida pelo tratamento com óleo de pristane (PIA), onde camundongos da linhagem AIRmax são susceptíveis e AIRmin resistentes. O estudo de rastreamento genômico por ensaio de linkage e sequenciamento revelou polimorfismo entre as linhagens no gene Pycard com variante de nucleotídeo (C/T) situado no Exon 1 (domínio PYRIN da proteína). Esta mutação é não conservadora levando a troca do aminoácido ácido glutâmico por lisina. Os AIRmax produzem altos níveis de IL1² e são todos homozigotos para o alelo C, enquanto que para a linhagem AIRmin os níveis de IL1² são baixos ou ausentes e com alta frequência do alelo T. Foram produzidos animais AIRmin com os genótipos para Pycard AIRminCC, AIRminCT e AIRminTT, onde se constatou a importância do alelo T na baixa secreção de IL1². No presente programa pretende-se realizar uma análise funcional dessa proteína e variante empregando-se a técnica de CRISPR/cas9 para deleção/edição do gene Pycard na linhagem de macrófago murino J774A.1 que secreta IL1² após ativação do inflamassoma. (AU)