Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas cardiovasculares e autonômicas ao exercício máximo em homens e mulheres com claudicação intermitente

Processo: 17/12973-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Cláudia Lúcia de Moraes Forjaz
Beneficiário:Roberto Sanches Miyasato
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiopatologia   Exercício físico   Caminhada   Doença arterial periférica   Capacidade funcional

Resumo

A Doença Arterial Periférica (DAP) se caracteriza pela presença de obstruções nas artérias dos membros inferiores, que reduzem o aporte sanguíneo aos músculos, provocando dor durante o exercício (claudicação intermitente - CI). A caminhada é recomendada no tratamento dessa doença, porém sua execução causa respostas cardiovasculares e metabólicas diferentes das observadas em saudáveis. Essas respostas foram investigadas em homens com DAP e CI e, embora a doença seja igualmente prevalente entre os sexos e suas consequências funcionais sejam maiores nas mulheres, as respostas agudas à caminhada não foram investigadas no sexo feminino. O objetivo desse estudo é avaliar e comparar as respostas funcionais, cardiovasculares e autonômicas a um teste ergoespirométrico máximo em homens e mulheres com DAP e CI. Para isso, 40 indivíduos com DAP e CI(20 homens e 20 mulheres) realizarão duas sessões experimentais em ordem aleatória: uma controle (repouso na esteira) e uma de exercício (teste máximo na esteira). Durante o exercício, serão avaliadas a capacidade funcional (distância inicial de claudicação, distância total de caminhada e consumo pico de oxigênio) e as respostas cardiovasculares (frequência cardíaca -FC e pressão arterial - PA) submáximas e máximas. Antes e após o exercício serão realizadas medidas cardiovasculares (PA, FC, débito cardíaco, resistência vascular periférica, volume sistólico, duplo produto) e autonômicas (variabilidade da FC e da PA e sensibilidade barorreflexa), e após as sessões será feita a monitorização ambulatorial da PA. Os dados entre os sexos serão comparados pelo teste t-student ou pela ANOVA de 2 fatores,com P<0,05. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIYASATO, ROBERTO SANCHES; FELIX, ALEX JESUS; ANDRADE-LIMA, ALUISIO; DA SILVA, JR., NATAN DANIEL; RITTI-DIAS, RAPHAEL MENDES; WOLOSKER, NELSON; CORNELISSEN, VERONIQUE; GOESSLER, KARLA FABIANA; DE MORAES FORJAZ, CLAUDIA LUCIA. Cardiovascular Responses during and after Maximal Walking in Men and Women with Symptomatic Peripheral Artery Disease. ANNALS OF VASCULAR SURGERY, v. 71, p. 9-18, FEB 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.