Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta do estoque de carbono e microbiota do solo a aplicação de calcário e n

Processo: 18/09649-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de setembro de 2018
Vigência (Término): 23 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Jéssica Pigatto de Queiroz Barcelos
Supervisor no Exterior: David Leonard Jones
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Bangor University, País de Gales  
Vinculado à bolsa:17/00398-5 - Nitrogênio no solo, planta e atmosfera após aplicação de calcário e gesso em sistema de semeadura direta, BP.DR
Assunto(s):Acidez do solo

Resumo

Altas produtividades só são possíveis em solos tropicais ácidos quando o pH do solo, além das deficiências minerais, é corrigido e o alumínio tóxico é neutralizado. A aplicação de calcário induz a melhoria da acidez do solo, aumentando seu pH. O impacto da calagem é variável e depende fortemente da relação C:N, da quantidade e da qualidade da matéria orgânica. O objetivo deste estudo é investigar se e como a aplicação de calcário e N inorgânico pode afetar os reservatórios C do solo, analisando o crescimento microbiano, eficiência de uso de C microbiano, produção de enzimas, composição e turnover de biomassa microbiana e disponibilidade de substrato e de N. Amostras de solo (0 a 10 cm de profundidade) serão coletadas do experimento de campo em Botucatu, Brasil, e levadas a Bangor. Será estudado o impacto da calagem e o turnover de diferentes formas orgânicas de C e N no solo. Os experimentos usarão uma variedade de substratos marcados com 14C para sondar as mudanças que possam ter ocorrido. Com os experimentos será possível avaliar as principais mudanças na biomassa, atividade e fisiologia microbiana.