Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de indicadores de sustentabilidade em pisciculturas na região de Mata Atlântica para avaliação da externalidade ambiental da produção de pescados

Processo: 18/17328-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Guilherme Wolff Bueno
Beneficiário:Elisa Maia de Godoy
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Registro. Registro , SP, Brasil
Assunto(s):Piscicultura   Sustentabilidade   Indicadores de desenvolvimento sustentável   Indicadores ambientais   Impactos ambientais   Manejo da pesca   Tilápia-do-Nilo   Mata Atlântica   Vale do Ribeira (SP)   Coleta de dados

Resumo

O tema da sustentabilidade ambiental vem ganhando cada vez mais a atenção da população, tornando-se uma preocupação global. Frente à crescente demanda por alimentos ambientalmente sustentáveis, são necessárias formas modernas de pensamento e atuação, tendência que se torna ainda mais evidente nos casos em que a produção envolve diretamente o ambiente aquático, principalmente tratando-se do recurso água, o qual é limitado e finito. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo aplicar indicadores de sustentabilidade ambiental para avaliar as externalidades e impactos gerados por empreendimentos aquícolas na região de Mata Atlântica no Vale do Ribeira, estado de São Paulo. Será realizada uma meta-análise de dados zootécnicos e coleta de informações referentes às variáveis ambientais de duas fazendas comerciais de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) por meio da aplicação de indicadores de sustentabilidade ambiental (ISA). Nos tanques de terra (três unidades por fazenda) serão coletadas amostras de água, sedimento, peixes e rações durante três vezes ao longo do ciclo de produção caracterizando início, meio e fim da produção (180 dias). As variáveis ambientais obtidas subsidiarão a definição dos ISA de cada empreendimento. Os indicadores serão transformados em escala de performance e, em seguida, serão calculados os índices de sustentabilidade ambiental por combinação linear. Os resultados auxiliarão gestores e produtores aquícolas na quantificação de impactos e externalidades ambientais geradas pela produção de pescado, além de auxiliar no planejamento e ordenamento da atividade visando as boas práticas de manejo e o uso sustentável dos recursos naturais.