Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores determinantes da capacidade aeróbia em indivíduos com asma submetidos a um programa de exercício físico

Processo: 18/22827-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Celso Ricardo Fernandes de Carvalho
Beneficiário:Tiago da Costa Endrigue
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diagnóstico clínico   Asma   Capacidade anaeróbica   Qualidade de vida   Exercício físico   Teste de esforço   Inquéritos e questionários

Resumo

Endrigue TC. Fatores determinantes da capacidade aeróbia em indivíduos com asma submetidos a um programa de exercício físico. São Paulo: Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo; 2018. Introdução: A asma é definida como "uma doença heterogênea, geralmente caracterizada por inflamação crônica das vias aéreas" (GINA, 2018). Os sintomas decorrentes da doença contribuem para a limitação da atividade física associada à diminuição das atividades de vida diária e ao aumento dos níveis de ansiedade e depressão, culminando no comprometimento da qualidade de vida. O exercício físico moderado nos pacientes com asma promove a modulação de respostas anti-inflamatórias e do sistema imune, produzindo diversos benefícios, como o aumento da capacidade aeróbia máxima, a diminuição dos sintomas da doença e a melhora da qualidade de vida. Até o momento, nenhum estudo definiu especificamente os fatores determinantes relacionados à limitação da capacidade física em pacientes com asma, nem às melhoras decorrentes do treinamento físico aeróbio. Objetivo: Avaliar as respostas ventilatórias, cardiovasculares e metabólicas relacionadas à limitação do exercício e ao aumento da capacidade física devido ao treinamento físico em indivíduos com asma, além do controle clínico e os fatores relacionados à qualidade de vida. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo, no qual serão analisados testes de exercício cardiopulmonar de 129 pacientes com asma moderada a grave que foram submetidos ao treinamento físico aeróbio em estudos anteriores. Os valores referentes às variáveis ventilatórias, cardiovasculares e metabólicas serão avaliadas antes e após o período de intervenção. Os dados referentes ao controle clínico serão analisados a partir do score observado no Asthma Control Questionnaire (ACQ) e os fatores de saúde relacionados a qualidade de vida serão avaliados por meio do questionário Asthma Quality of Life Questionnaire (AQLQ).