Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da infecção por Toxoplasma gondii em um hospital escola após a introdução de toxoplasmose gestacional e congênita na lista nacional de notificação compulsória

Processo: 19/08385-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Cinara de Cássia Brandão de Mattos
Beneficiário:Larissa Martins Olímpio
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Toxoplasmose congênita   Toxoplasma   Toxoplasma gondii   Gestantes   Transmissão vertical de doença infecciosa   Notificação compulsória

Resumo

A toxoplasmose é uma infecção de alta prevalência mundial em que a maioria dos indivíduos acometidos é assintomática. No entanto, a infecção gestacional por Toxoplasma gondii constitui um sério problema de saúde pública, uma vez que a transmissão vertical da toxoplasmose pode causar graves impactos em neonatos. O objetivo geral deste projeto é avaliar a infecção congênita por T. gondii em gestantes submetidas à amniocentese para realização do diagnóstico molecular da toxoplasmose pela PCR (Reação em Cadeia da Polimerase), atendidas em um ambulatório de gestação de alto risco e medicina fetal, a partir de 2017, ano em que a toxoplasmose gestacional e congênita foi inserida na Lista Nacional de Notificação Compulsória. Serão avaliados os dados das gestantes e analisados os dados de infecção por T. gondii - tipo de método sorológico realizado e classe de anticorpos identificada - IgG, IgM e avidez de IgG - e período gestacional em que foram identificados esses anticorpos. Os dados coletados serão comparados com o uso de teste exato de Fisher e ou do qui-quadrado (quando for o caso) e do teste t para variáveis contínuas. Também serão calculados os valores de Odds Ratio e do intervalo de confiança a 95%. O valor alfa adotado será o de 5%. Espera-se que os resultados contribuam para o conhecimento da importância da infecção gestacional por T. gondii, elucidar os efeitos da infecção fetal nas crianças atendidas em um Hospital Escola e avaliar o impacto da notificação compulsória da toxoplasmose congênita e gestacional. Ademais, espera-se que o desenvolvimento deste projeto permita a contínua formação de estudantes de iniciação científica na área de epidemiologia de doenças infecto-parasitárias de importância à saúde materno-fetal e infantil.