Busca avançada
Ano de início
Entree

Os Estados Unidos e a China nos meios alternativos ao sistema multilateral de comércio: uma abordagem construtivista para as causas estruturais da governança bifurcada do comércio global

Processo: 19/18421-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 03 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 02 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Yi Shin Tang
Beneficiário:Leonardo Diniz Lameiras
Supervisor no Exterior: James Matthew Scott
Instituição-sede: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : King's College London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:18/12125-6 - O Consenso de Washington versus o consenso de Beijing: as inserções internacionais dos EUA e da China pelas vias alternativas ao sistema multilateral de comércio, BP.DR
Assunto(s):China   Estados Unidos

Resumo

A proposta de pesquisa tem como objeto a inserção internacional dos EUA e da China por meio de suas políticas de comércio exterior e as implicações delas resultantes para o atual sistema de governança do comércio global. No domínio empírico, tenciona-se compreender a relação entre os acordos preferencias de comércio - bilaterais e regionais - assinados por ambos os países nos últimos 15 anos (2001-2016) e os desafios que o sistema multilateral de comércio enfrenta nos dias hodiernos. Além de identificar os objetivos estratégicos que informaram as agendas de comércio exterior e os padrões comportamentais das duas maiores potências comerciais ao longo do período mencionado, a pesquisa também pretende explicar por que a agência desses atores é fundamental para o entendimento das transformações por que passa o sistema de governança do comércio global. No campo teórico, busca-se desenvolver uma abordagem pluralista, ao integrar a literatura especializada de Relações Internacionais e de Economia Política Internacional que lidam com regimes internacionais, governança do comércio global e o papel das normas na mediação da influência mútua entre estrutura e agentes na determinação dos fenômenos sociais.