Busca avançada
Ano de início
Entree

Usando micro-CT scanning para estudar a morfologia e evolução do pré-polex em forma de espinho em Anura (Chordata: Lissamphibia)

Processo: 19/25061-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Taran Grant
Beneficiário:Paulo Durães Pereira Pinheiro
Supervisor no Exterior: David Chambers Blackburn Jr
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/18473-6 - Estudo de anatomia comparada e evolução do espinho pré-pólico em Anura (Chordata: Lissamphibia), BP.PD
Assunto(s):Anura

Resumo

O pré-polex é um elemento carpal de anuros que possui grande diversidade morfológica. Dentre esta variação, ele encontra-se desenvolvido na forma de um espinho em clados pertencentes a cinco famílias distantemente relacionadas. Por ser utilizado em brigas entre machos, este espinho possui um papel importante no período reprodutivo de espécies territorialistas. Sua anatomia envolve vários músculos de origem e inserção em vários elementos das mãos e ante-braços. Entretanto, como estes grupos musculares e os elementos pré-pólicos se relacionam e como isto varia dentre os distintos clados é pouco conhecido. Da mesma maneira, as séries de transformação de estados de caracteres que levam a esta anatomia convergente são pouquíssimo conhecidas. A morfologia funcional destes músculos e o papel do pré-polex nas interações sociais tornam um estudo integrativo e evolutivo do pré-polex de anuros bastante atrativo. Este projeto visa estudar a anatomia comparada do pré-polex em forma de espinho dos anuros utilizando microtomografia computadorizada (micro-CT). Esta técnica não destrutiva permite o estudo detalhado de anatomia interna inclusive de espécies raras em coleções científicas. O projeto focará nas diferenças morfo-anatômicas do pré-polex em forma de espinho, visando clarificar a funcionalidade e história evolutiva nos clados de anuros onde esta importante estrutura está presente.