Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo funcional celular dos oligômeros de alta massa molecular da mortalina e dos efeitos das co-chaperonas mitocondriais na sua estrutura

Processo: 19/22422-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Julio Cesar Borges
Beneficiário:Milene Nóbrega de Oliveira Moritz
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/26131-5 - Chaperoma: estudo da relação entre a estrutura dos seus componentes e a manutenção da proteostase, AP.TEM
Assunto(s):Proteínas   Mitocôndrias   Oligômero   Chaperonas moleculares   Dobramento de proteína   Nucleotídeos

Resumo

O principal objetivo dessa pesquisa é o estudo celular da mortalina humana juntamente com as co-chaperonas e chaperonas que possivelmente a assiste no processo de importação e enovelamento de proteínas citoplasmáticas. Experimentos do grupo (em submissão) indicam que a mortalina e a Hsp70-1A sofrem oligomerização induzida pela temperatura e que os oligômeros térmicos (ou complexos supramoleculares) detêm estrutura secundária, atividade ATPásica, capacidade de interação com lipossomas, bloqueiam oligomerização do peptídio A²1-42 e não são citotóxicos (artigo em preparação). Interessantemente, oligômeros e agregados de isoformas das Hsp70 são observados em células e existe a hipótese de que estes são depósitos de Hsp70 celular. Neste sentido, a caracterização celular destes oligômeros, incluindo sua dinâmica celular, e a avaliação de possíveis fatores de remodelamento e recrutamento das Hsp70 dos oligômeros podem ter grande importância científica. Também é objetivo deste projeto a caracterização da interação da mortalina com as co-chaperonas residentes na mitocôndria (como J-proteins hDjC20 e as co-chaperonas hHep1, hGrpE#1e hGrpE#2). Adicionalmente, é objetivo estudar fatores (co-chaperonas e nucleotídeos, entre outros) que favorecem o remodelamento dos complexos supramoleculares das Hsp70 em partículas menores ou mesmo em monmômeros. (AU)