Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes fontes PNDR sobre a emissão de metano entérico e Archaeas metanogênicas em bovinos Nelore confinados

Processo: 19/12720-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Telma Teresinha Berchielli
Beneficiário:Thayná Ribeiro da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Confinamento animal   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)   Proteínas   Archaea   Ruminantes   Gado Nelore   Delineamento experimental

Resumo

O presente estudo tem como objetivo avaliar a influência de diferentes fontes de proteína não degradável no rúmen sobre a população de Archaea metanogênicas e produção de metano em bovinos Nelores terminados em confinamento. Serão utilizados 8 novilhos da raça Nelore, peso vivo médio de 380 kg, castrados e canulados no rúmen. Os animais serão alocados em baias individuais e distribuídos em um delineamento cross over com três períodos experimentais, três fontes de proteína e oito repetições. Os animais serão distribuídos nos seguintes tratamentos: 1) Farelo de soja; 2) Glúten de milho 60; 3) Farelo de soja protegido. As dietas totais serão oferecidas duas vezes ao dia. As sobras dos alimentos serão retiradas e pesadas antes da oferta matinal, para o ajuste do consumo diário de matéria seca (MS). O consumo será mensurado do 15º ao 19º dia de cada período experimental, bem como a coleta total das fezes durante cinco dias consecutivos, do 15° ao 19° dia e mantidas sob refrigeração (4ºC). Nas amostras de alimentos, sobras e fezes serão avaliadas matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), lignina, extrato etéreo (EE) e energia metabolizável (EM). No 20º dia de cada período experimental serão coletadas amostras do conteúdo ruminal. Estas serão refrigeradas e levadas ao laboratório, para a obtenção de um pellet microbiano com o intuito de concentrar os microrganismos e obter maiores rendimentos de DNA durante a extração. O método de qPCR será utilizado para a quantificação das Archaeas. A produção de metano será estimada pela equação proposta por Ellis et al. (2007).